Rock, a História e a Glória e Revistas de Rock na Era Pré-Internética
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
Durante a Era Pré-Internética a gente, que queria saber sobre músicas e bandas tinha apenas um caminho: revistas. E embora a boa vontade de uma porção de jornalistas que gostavam de Rock parece que era um tanto difícil a sobre vivência desse tipo de informação. Apareceram inúmeras. Históricamente a mais importante foi a “Rock, a História e a Glória”, editada no Rio de Janeiro por uma turma que marcou época. Gente do calibre de Ana Maria Bahiana, Tarik de Souza, Okky de Souza, Ezequiel Neves – à época conhecido por “Zeca Jagger”, uma espécie de colunista social do Rock, que tinha a mente fixa em apenas duas bandas: Rolling Stones e Made In Brazil.

A revista era fina, impressa em preto-e-branco, e na primeira fase cada número era quase que integralmente dedicada a biografia de uma banda ou artista. Assim foi com Rolling Stones, o primeiro número; Beatles, Pink Floyd, Bob Dylan, hendrix e outras monstruosidades. Tinha a biografia e discografia completas, letras de músicas e um detalhe muito importante: geralmente o pôster central eram desenhos exclusivos de artistas como Elifas Andreato e outros. Maravilhosas obras-primas, como os desenhos de Pink Floyd, Dylan e John Lennon. Encartado, um suplemento chamado “Jornal de Música”, com notícias gerais sobre Rock.

Numa segunda fase, provavelmente afim de conseguir sobreviver, a revista perdeu um pouco o charme ao inverter e lançar o “Jornal de Música” como um tablóide e a parte de biografias encartada, que a gente tinha que recortar e tal.

A “Rock, a História e a Glória” durou 33 ou 34 números e desapareceu. Número parecido com a Rolling Stone Brasileira, editada por Luiz Carlos Maciel – muito diferente da reacionária versão atual.

Também na Era Pré-Internética surgiram outras, muito importantes e interessantes, como a “Música do Planeta Terra”, dirigida por Julinho Barroso, que depois viria a ficar um tanto conhecido com a banda “Gang 90 e as Absurdetes” e o tablóide “Canja”, sem contar centenas de “jornaizinhos” mimeografados que circulavam de mão em mão.

Dentre as revistas “possíveis” a “Pop”, que começou com o nome de “Geração Pop”, era editada pela Editoria Abril e era na verdade voltada a comportamento e moda jovem, que por tabela trazia informações sobre Rock. Durou anos, fases e teve coisas muito interessantes, como um brinde, em forma de compacto simples com duas músicas de Janis Joplin.

O difícil era que a gente tinha que esperar ao menos um mês a chegada da edição da revista na banca de jornais perto de casa para ficar sabendo dos lançamentos das nossas bandas prediletas... Lá fora, pois aqui também lançamentos de discos demoravam um ou mais anos para chegarem. Mas esse é um assunto para outro texto na Arca do Barata.

-----

Próximos Textos:
O Primeiro Disco de Rock a Gente Nunca Esquece
Rock e Censura na Era Pré-Internética
Rock Rebelde (Ou: “Onde é Que Está Meu Rock’n’Roll?)
Download e Pirataria na Era Pré-Internética
Quadrinhos na Era Pré-Internética (Rango, Fradim, Onde Andas Edgar Vasquez?)
O Que Era Ser “Rocker”na Era Pré-Internética
E... Os Próximos Verbetes do Dicionário...
25/10/2008
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.861 - Livro 974 - Folha 209

“Afinal, Barata, o que é a “Era Pré-Internética”?
Ah Que Saudades da Gonorréia!
Ainda Um Velho Disco de Vinil
Bem-vindo, abarata.com.br
Dicionário da Era Pré-Internética (Parte I)
Download e Pirataria na Era Pré-Internética
Era da Paz e Amor, de Sexo, Drogas & Rock'n'Roll: a Era Pré-Internética.
Malandros Soldados do Exército do Rock
Mimeógrafo a Álcool, a "Home Page" da Era Pré-Internet
Nossos Ídolos e Heróis Ainda São os Mesmos Mas Morreram de Overdose
O Brilho do Kaleidoscópio na Era Pré-Internética
O Guru da Era Pré-Internética
Orgia Cultural na Era Pré-Internética
Pornografi’A Barata na Era Pré-Internética
Ressucitar o Sonho
Rock Era Rock Mesmo... Na Era Pré-Internética
Rock, a História e a Glória e Revistas de Rock na Era Pré-Internética
Sexo, Drogas & Rock’n’Roll na Era Pré-Internética
Vigor Sim, Violência Não - O Som Pesado da Era Pré-Internética

 

Palavras-Chave

Luís Tout-Court, Claudia Bia, Laerte Sarrumor, Luiz Antônio Domingues (Tiguês), Leila Mícolis, Henrique Novak, Semente, Cogumelo Atômico, Pipoca, A Mosca, Valdir Zwetsch, Jacques Kaleidoscópio, Nano-Gê & Yara, Walter Franco, Itamar Assumpção, Tarkus, Patrulha do Espaço, Jardim Popular, Led Slay, Fofinho 2 de Janeiro, Luís Carlos Martins de Oliveira, Angela Helena Pereira, Cynthia Bandeira, René Férri, Grilo Falante, Luli e Lucinha, Antônio Carlos Monteiro, Arquíloco, Inventário de Cicatrizes, Tibet, Juju Nogueira, Caio Flávio,  Cornélius Lúcifer, Teatro Martins Penna, Made In Brazil, Tenda do Calvário, Walter Baillot, Teatro da Praça, Jorge Mautner, Fragmentos de Sabonete, Ditadura Militar, Gonorréia, Zona do Meretrício de São Paulo, Rua dos Andradas, Barão de Limeira, Henfil, Fradim, Rolling Stone Brasileira, Luiz Carlos Maciel, Resistência, O Movimento, Opinião, O Repórter, SportStore, Rubens Bueno Assumpção, James Dionizio, Rock A História e a Glória, Ana Maria Bahiana, Ezequiel Neves, Joelho de Porco, Terreno Baldio, Língua de Trapo, Zona Leste de São Paulo, O Fabricante de Sonhos, Rolando Castello Júnior, Dudu Chermont, Sergio Santana, Percy Weiss, Manito, Paraíso dos Loucos, Rua Aurora, Teatro Paulo Eiró, Lira Paulistana, Cine Bijou, Joelho de Porco, Gigante Brasil, Sindicato, Ricardo Petraglia, Dick Petra, Próspero Albanese, Conrado Ruiz, Tico Terpins, Apocalipse, Arrigo Barnabé, Sabor de Veneno, O Terço, Mutantes, Neblina, Concerto Latino Americano de Rock,  Rango, Edgar Vasquez, Pasquim, Anos 70, LP, Vinil, Bruno Blois, Breno Rossi, Feira Hippie, Teatro Bandeirantes, Revista POP, Música do Planeta Terra, Júlio Barroso, Manito, SESC Vila Nova, Woodstock, Discos, LP, Compacto Simples, Gravador Mono Recorder, Fita TDK, Zeca Jagger, Jornal de Música, Olivetti Valentine, Máquina de Escrever, Zé Brasil, Maytrea & Silvelena

(11) 96358-9727

A Barata - O Site-+
Fest'As Baratas
A Barata na Mídia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Fotos
Poemas Por Título
Por Livro
Por Data
Com Áudio
Musicados
Com Vídeo
Livros Impressos
Artesanato
Camisetas
Convergências
PQP - Puta Que Pariu
Pinturas
Sub-Versões
Videos
Webradio
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
Coletânea Gatos & Alfaces
Gatos & Alfaces
Pi Ao Quadrado
Revist'A Barata
Versus
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Ataraxia
Crom
Kakerlak Doppelgänger
Madame X
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Pornomatopéias
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Seren Goch: 2332
Tublues
Vitória

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 On Line:  190