(11) 96358-9727

 

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

DESTINO LIBERDADE
Menestrel Errante
omenestrel@terra.com.br
Publicação Original em: 10/10/2003
Vou entrar de sola.

Em meu primeiro escrito pelo A Barata, vou logo escrever sobre um tema místico e filosoficamente polêmico: Destino, e a Liberdade que existe, com relação ao Destino.

Pesquisei rapidamente algumas definições dos grandes mestres Aristóteles e Platão para o termo Destino. Até me assustei ao perceber que nem eles, e muito menos algum outro filósofo se atreveu a definir o Destino.

Já que os maiores gênios não conseguiram pôr um ponto final no assunto, não vai ser esse errante Menestrel o herói a salvar as mentes confusas!

A minha intenção aqui, é expor e esclarecer os pontos de vista. Para que você analise e tenha no mínimo uma percepção formada sobre Destino, e a Liberdade.

Há uma definição que diz o seguinte:

O Tempo não existe. O homem criou essa concepção para organizar a vida e seus afazeres. E de fato medir o Tempo é necessário.

Mas quando medimos o Tempo, deixamos de lado, inconscientemente, o entendimento maior, que diz respeito à relatividade do tempo a nós mesmos, e ao Tempo Uno.

É como a santa trindade cristã. O Tempo tem três faces, são elas o Passado, Presente e Futuro. São distintas entre si, mas trabalham em conjunto perfeito, como três engrenagens ligadas. Quando uma se move, automaticamente as outras duas são movidas.

Agora que você enxergou as três faces do Tempo como três peças distintas, veja que todas elas trabalham ao mesmo tempo.

Nós estamos presos ao presente. Não vivemos o passado nem o futuro.

O passado sempre já aconteceu, e o futuro nunca vai chegar, pois quando chega já é o presente.

É fundamental o entendimento do Tempo dessa maneira, pelo menos para compreender algumas explicações sobre Destino.

O Destino é indefinível. Mas tem características incontestáveis. E é por elas que podemos ao menos tentar entender como funciona.

Como eu disse no início, todas as engrenagens do tempo estão ligadas, e todas trabalham ao mesmo tempo. Por essa ligação, pelo funcionamento síncrono, mesmo no presente podemos ter relação direta com passado e futuro.

Não quero falar do Passado agora, como regressão e outros assuntos, pois não quero desviar do assunto central.

O Destino é marcado como um futuro pré definido. Como se alguma coisa já estivesse marcada para acontecer desde o início.

Alguns fatos maravilhosos ou trágicos, podem nos advir de uma maneira simplesmente irrepreensível. Nos sentimos impotentes quanto ao ocorrido. E quando o fato é analisado friamente, percebe-se que realmente não teria como aquilo "não acontecer".

Em todas as religiões há a crença no Destino, Predestinação, ou Fatos Irremediáveis.

Mas as explicações acabam nas perguntas "Por quê ?" e "Quem ?". Não perca tempo com elas, são inatingíveis.

Querendo ou não, o Destino afeta a todos nós, e é importante tentarmos lidar com ele.

Existe duas ramificações para explicar melhor o Destino.

Uma delas diz que o Destino já está escrito e é fixo. Você participa virtualmente, pois tudo o que você pensa, sente, e faz, já está predestinado, e você está só seguindo a corrente inquebrável.

Outros dizem que existem infinitas possibilidades de Destino. E que temos realmente o livre arbítrio. Tudo funciona com reações em cadeia. Quando você escolhe fazer alguma coisa, está optando por uma das possibilidades do Destino. E essa sua ação, vai desencadear uma reação em tudo o que estiver próximo, e o que estiver perto do que está próximo...

Um exemplo infantil e simples:


Você decide sair para um restaurante num sábado à noite. Chegando lá, o garçom te oferece Cerveja ou Suco de Laranja.

Você pensa e escolhe a Cerveja. O garçom vem trazendo sua "Loiraça", e do outro lado do restaurante, vem passando um garoto apressado pois está tarde, e sua mãe detesta que ele volte depois das 10:00.
É inevitável o choque, o garçom derruba a Cerveja no garoto.

Despois das desculpas insistente do garçom, o garoto pega uma toalha e tenta se secar
rapidamente.

Ainda com muita pressa, o garoto recebe uma camisa branca e volta pra casa.

Chegando lá, sua mãe lhe dá um discurso, mas sente o cheiro de cerveja em seu corpo.

Ela repara que está com uma camiseta diferente e começam a discutir.

Essa discussão desperta outros conflitos mais antigos, e o garoto decide fugir de casa pois não agüenta tamanha repressão.

Depois de alguns meses vagando pelo interior do estado, o garoto acaba mergulhando em vários vicíos e é morto depois de uma tentativa de assalto.


Percebeu como a escolha de ir ao restaurante causou muitos desastres por aí ?

Foi uma reação em cadeia, claro que você não teve culpa. Quem teve ?

Foi o Destino ? Tudo estava já escrito ?

Se você está acompanhando meu raciocínio, deve estar se sentindo "com as mãos atadas" assim como eu.

Mas é claro que você não vai se esconder com medo de causar reações em cadeia, pois isso não depende só de você.

Pensando desse modo, eu consigo explicar exatamente o que eu quero sobre Destino.

O Destino é a combinação de todas as escolhas e atitudes. Todas as possibilidades que estão acontecendo agora formam o Destino.

Logo você pode deduzir que então nós fazemos o Destino, se eu decido ir para o trabalho ou não, isso vai desencadear muitas reações. E isso é certo, mas não tem como você adivinhar o que vai acontecer, porque você não sou o único neste jogo da vida. O que acontece com você também depende dos outros !

Agora que você está começando a entender o que eu penso, vou destruir tudo !

Em todas as religiões existem oráculos, profecias ou revelações.

Como uma cartomante consegue prever que um avião vai cair ?

Isso depende de muia gente e muitos fatores. Por exemplo, se os mecânicos que fariam a inspeção no dia do vôo encheram a cara no dia anterior, não conseguirão chegar na hora, e isso poderá até cancelar o vôo !

Ou se o piloto brigou com a mulher e resolveu largar tudo para esfriar a cabeça, o avião simplesmente não vai levantar do chão !

Preste atenção nisso: se a cartomante preveu que o avião cairia, ela está prevendo também que os mecânicos vão estar a postos, e o piloto preparado na hora certa.

Fazendo essa previsão, ela simplesmente eliminou as escolhas deles, querendo ou não, eles vão estar no dia para que o avião decole.

Dizendo isso, acabo de eliminar qualquer possibilidade de livre arbítrio, tudo o que precisa para acontecer o acidente vai acontecer, não importa a vontade de ninguém! E o que instiga, é que vai ser de acordo com a vontade de todos os envolvidos.

Será o destino tão poderoso que não conseguimos desviar 1 milímetro do que está determinado ???


Bom, apresentei aqui algumas faces do Destino. Temos alguma Liberdade dentro de seus limites ?

Quem garante que o que você faz não foi previsto ? Se a sua vontade, seu raciocínio e até suas escolhas já estão determinadas !?

Uma vez eu disse que não tenho medo da morte, mas de morrer antes de fazer tudo o que eu tenho pra fazer, e me disseram que ninguém morre antes da hora, todos morremos na hora certa, e que só morremos depois de cumprir nossa parte aqui.

Mas que Liberdade é essa se até morremos no tempo que foi predestinado !?

Afinal, temos o controle de algo ? Somos controlados por algo ?


É importante perceber que quando você quebra a cabeça pra formular uma teoria sobre o Tempo, um simples fato sobrenatural como um pressentimento, destrói anos de estudo.

Parece que andei em círculo e parei no mesmo lugar.

O objetivo era dar um nó enorme em seu cérebro, e depois, com um simples movimento, desatar tudo !


1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

CONHEÇA NOSSOS PARCEIROS

 

(11) 96358-9727

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

A Barata na Mídia

Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas

Fal'A Barata!

Fotos

Gatos & Alfaces

Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas
O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesia Por Título

Poesia Por Livro

Poesia Por Data

Poesia Com Áudio

Poemas Musicados

Poesia Com Vídeo

Ponto de Fuga

Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.

 On Line

Política de Privacidade

Free counter users online