Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 

Memórias de Uma Puta Barata - Capítulo 1
...............................................................................................................................................................................................................
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
"Quando há cerca de aproximadamente um ano atrás decidi mandar minha história, sabia de antemão a polêmica que a mesma iria gerar. As mulheres achariam que eu sou uma puta, a macharia de plantão que sou uma porca e todos estariam absolutamente certos que sou maluca, ou que na melhor das hipóteses que queria aparecer.

Muito bem, quase um ano depois e de ter recebido uma infinidade de correspondências dos tipos mais estranhos - de psicólogos analisando meu caso pela ótica freudiana e jungiana a economistas que ofereciam um programa milionário, de fotógrafos querendo fotografar com o corpo repleto de baratas a poetas que dedicaram odes inteiras, de tarados que queriam transar comigo com baratas andando sobre suas costas a bichas que trataram aquilo como recalque paterno (a barata era meu pai por quem eu tinha asco, falou uma delas) e nunca ter respondido a nenhuma delas, além de ler os esdrúxulos comentários colocados na página da Barata, decidi que seria o momento de começar, ou melhor, continuar a relatar minhas experiências.

Sei que muita gente irá pensar que o lugar de eu contar minhas orgias e fantasias eróticas seria em sites eróticos ou psiquiátricos, mas após ter consultado o editor da Barata e recebido dele um “OK”, decidi que seria aqui minha casa. Ou seria minha toca? Aliás, foi ele quem sugeriu o nome de Memórias de Uma Put'A Barata.

O presente “prólogo” é apenas um comunicado que aqueles que acharam que estariam libertos de minha nojenta pessoa estão redondamente enganados: Lady Barata está de volta, mais puta e mais barata, com sua gosma vaginal seu útero em brasa, sua caneta fálica e suas antenas balançando em busca de homens a serem devorados.

Àqueles que possam pensar que tratam com uma mulher bruta e inculta, saibam que estão lidando com alguém que cursou Jornalismo, Direito e Filosofia, leu todos os poetas antigos e transou com muitos dos modernos, conhece 6 idiomas incluindo japonês, e sabe a diferença entre o céu e o inferno por ter morado em ambos os lugares.

Minha experiência em assuntos literários não é menor que minha experiência erótica. Conheço livros e homens com a mesma profundidade e estou certa de que a única diferença entre ambos é que os livros nos ensinam - sempre e por piores que sejam - algo, enquanto os homens precisam sempre serem ensinados e guiados. Conheço todos os tipos de homens e de livros mas enquanto os homens sempre causaram apenas um arremedo de gozo, os livros foram o que me deram o real Tesão, com “t” maiúsculo.

Passei noites inteiras, centenas e milhares delas, digerindo homens e livros. Ou melhor, digerindo homens e sendo digerida por livros. Sim, porque os livros penetram em uma zona erógena que nenhum homem é capaz: na mente. Cansei de todos os homens mas de nenhum livro.

Parece portanto que o ideal a mim seria ter um retumbante, pungente e flamejante caso com um escritor, certo? Certo coisa nenhuma! Aconteceu, mas a história eu conto no próximo capítulo. Pretendo semanalmente ou na pior das hipóteses mensalmente publicar aqui minhas memórias e espero por comentários.
Gosmentos beijos.

Lady Barata
3/10/2001
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.629 - Livro 973 - Folha 475
A Troca – Um Conto Pornográfico
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A Verdadeira Puta Barata
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Aquele Dia o Palhaço Gargalhou
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Criaturas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Crônica de Uma Morte Adiada
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Futurologia II (ou: Anjos, Papagaios e Cadeiras de Balanço)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Memórias de Uma Puta Barata - Capítulo 1
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Memórias de Uma Puta Barata - Capítulo 2
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Memórias de Uma Puta Barata - Capítulo 3
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Missa Negra
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Dia Em Que Transei Com Janis Joplin
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sangue de Barata, O Filme
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Um Sujeito de Merda (Micro Peça de Teatro)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma Mendiga Urinando na Praça
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma Senhora Com Uma Bolsa de Plástico Branca
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma Simples Questão de Perdão
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Camisetas
Livros
Revist'A Barata
Revistas Impressas
Artesanato
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Convergências
Ópera Rock Vitória
PQP - Puta Que Pariu
Webradio
Sub-Versões
Videos
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
A Barata - O Site
Fest'As Baratas
A Barata na Midia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Amigos & Parceiros
Fotos
Arquíloco (1981)
Sangue de Barata
Impessoal e Transferível
1958
A Verdadeira História da Betty Boop
Emoções Baratas
O Olhar Gótico da Morte Dentro da Cibernética Taverna
O Câncer, O Leão e O Escorpião
O Cu de Vênus
O Êxtase
Poemas Perdidos

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 On Line:  86