Barata no Radar Cultura, com a Banda Pedra
O Homem, o Poeta e o Giraçol
Morphine, ou Percepção Emocionada
Woodstarkus - Uma Celebração á Paz
Esperando Papai Noel
Manifesto Singular
Em Busca da Mulher-Barata
Censura? Sempre e Mais...
"O Amor é a Compensação da Morte"
Inserir >/ Quebra... > / Quebra de Página
A Superioridade dos Artistas
Coçar a Cicatriz, Xingar a Meretriz e Sonhar Com a Imperatriz
Viver é Fatal! Quem Viver... Vi...Verá!
Resquícios Críticos Indecentes (Ou Ctrl C/Ctrl V)
Fui!!!
O Rei Está Morto, Então Viva o Rei!
Cabeça de Barata
Acabou a Festa do Latino
Rádio Barata
O Jagunço
Foda-se!!!!
Sonha Comigo!
Que Venham as Putas!
Foda-se e Feliz Aniversário, Betty Boop!
Dias Em Que A Gente Nem Consegue Escrever...
Denny Dent, Diogo Oliveira e os Gênios da Cultura Rock'n'Roll
Sebos & Puteiros
Amor? Nem de Mãe!
Viva Sua Vida ou Vá Se Foder!
O Conto da Barata
A Síndrome da Assepsia
Sangue de Barata - Ou A Grande Família Chamada Rock'n'Roll!
Emoções Baratas
Manifesto dos Desbaratados
Livre Por Natureza
Enquanto Os Cães Passam as Caravanas Ladram!
Abortando a Folha de São Paulo
A Droga do Amor
Ladrão de Bife Não é Herói
Papai Noel é Um Cara Legal...
Que Me Perdoem os Eunucos
Tudo em Nome do Rock And Roll
Dogville , de Lars Von Trier
Estranhas Mutações
Tumantes e Seus Cometas no País dos Boasmerdz
Já Que é Para Esculhambar...
Dia da Consciência...
Iggy Pop
Serguei Iessiênin
Vai Se Foder!

Arca do Barata Contos d'A Barata Crônic'As Baratas Entrevist'As Baratas Fal'A Barata!Micrônic'As Baratas + Resenhas de Filmes + Resenhas de Livros +

A CHAVE DA LIBERDADE
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
Uma antiga forma de punição e morte de algumas sociedades secretas, consistia em algemar a vítima fazê-la engolir a Chave das algemas, depois amordaçá-lo e enfiar um saco em sua cabeça afim de matar por asfixia. A tortura maior era fazer com que a pessoa morresse se debatendo e sabendo de que a chave de sua vida e liberdade estava, embora dentro dela própria, impossível de ser alcançada.

Muitas vezes fazemos isso com nós mesmos. Nos algemamos a alguém ou á alguma situação ou coisa e engolimos a chave das algemas. Depois nos amordaçamos calando qualquer possibilidade de grito, mesmo um pedido de socorro que tenhamos a intenção de dar. Não contentes, enfiamos em nossa própria cabeça um saco que nos impedirá de respirar. Então nos debatemos, sufocados, amordaçados e atados, esperando que alguém nos liberte. Até a Morte chegar.

Oramos a deuses de demônios, clamamos, reclamamos, mas esquecemos que fomos nós mesmos que engolimos a libertária Chave das nossas algemas. Aquela que poderá nos libertar nos dando de volta a Vida que se esvai está ali, dentro de nós, mas jamais poderá ser alcançada.

Nunca percebemos que nós engolimos a Chave das nossas próprias algemas, que a mordaça e o saco enfiado em nossa cabeça que nos impede de respirar, foram colocados por nós mesmos. Temos medo da Vida e da Liberdade e não permitimos sequer que outros encontrem nossa Chave, por isso a engolimos.

Analogamente, podemos afirmar que são os poderes constituídos a algema, que a religião é o saco, enquanto a mordaça são a moral e a sociedade. E a Chave? A Chave é sua consciência, seu Eu real. É sua a Chave da Vida e da Liberdade. Seu Desejo é o Segredo.

Depende dela, da Chave, sua Vida e sua Liberdade. Ela poderá abrir as algemas que libertarão suas mãos, que então removerão a mordaça e o saco. A Chave é Sua. A Chave está com Você. Dentro de Você. Não existe Chave Mestra muito menos existe um Chaveiro. Não existe socorro, não existe Deus que o salve caso engula a Chave.

Não adianta se debater nem orar, pois se engolir a Chave você irá morrer sabendo que a Chave da Sua Vida e Sua Liberdade estavam dentro de Você e que Você próprio a e colocou em um lugar onde jamais poderia ser alcançada.
21/9/2006
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.628 - Livro 973 - Livro 474

(11) 96358-9727

 


Camisetas
Livros
Pinturas


A Barata - O Site
A Barata na Mídia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Fest'As Baratas
Fotos

Poemas Por Título
Por Livro
Por Data
Com Áudio
Musicados
Com Vídeo
Livros Impressos

A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
Coletâneas de Rock


Artesanato
Camisetas
Convergências
PQP - Puta Que Pariu
Pinturas
Sub-Versões
Videos
Webradio

Gatos & Alfaces
Pi Ao Quadrado
Revist'A Barata
Revist'A Barata Digital
Versus


Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Micrônic'As Baratas
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros

Ataraxia
Crom
Kakerlak Doppelgänger
Madame X
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Pornomatopéias
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Seren Goch: 2332
Tublues
Vitória

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 On Line:  70