Barata no Radar Cultura, com a Banda Pedra
O Homem, o Poeta e o Giraçol
Morphine, ou Percepção Emocionada
Woodstarkus - Uma Celebração á Paz
Esperando Papai Noel
Manifesto Singular
Em Busca da Mulher-Barata
Censura? Sempre e Mais...
"O Amor é a Compensação da Morte"
Inserir >/ Quebra... > / Quebra de Página
A Superioridade dos Artistas
Coçar a Cicatriz, Xingar a Meretriz e Sonhar Com a Imperatriz
Viver é Fatal! Quem Viver... Vi...Verá!
Resquícios Críticos Indecentes (Ou Ctrl C/Ctrl V)
Fui!!!
O Rei Está Morto, Então Viva o Rei!
Cabeça de Barata
Acabou a Festa do Latino
Rádio Barata
O Jagunço
Foda-se!!!!
Sonha Comigo!
Que Venham as Putas!
Foda-se e Feliz Aniversário, Betty Boop!
Dias Em Que A Gente Nem Consegue Escrever...
Denny Dent, Diogo Oliveira e os Gênios da Cultura Rock'n'Roll
Sebos & Puteiros
Amor? Nem de Mãe!
Viva Sua Vida ou Vá Se Foder!
O Conto da Barata
A Síndrome da Assepsia
Sangue de Barata - Ou A Grande Família Chamada Rock'n'Roll!
Emoções Baratas
Manifesto dos Desbaratados
Livre Por Natureza
Enquanto Os Cães Passam as Caravanas Ladram!
Abortando a Folha de São Paulo
A Droga do Amor
Ladrão de Bife Não é Herói
Papai Noel é Um Cara Legal...
Que Me Perdoem os Eunucos
Tudo em Nome do Rock And Roll
Dogville , de Lars Von Trier
Estranhas Mutações
Tumantes e Seus Cometas no País dos Boasmerdz
Já Que é Para Esculhambar...
Dia da Consciência...
Iggy Pop
Serguei Iessiênin
Vai Se Foder!

Arca do Barata Contos d'A Barata Crônic'As Baratas Entrevist'As Baratas Fal'A Barata!Micrônic'As Baratas + Resenhas de Filmes + Resenhas de Livros +

1º. MANIFESTO D'AS BARATAS
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
Nós Baratas, abaixo-assinados lançamos o presente Manifesto, com o intuito de inserir cultura nas cabeças que portam olhos, que enxergam telas de computadores, que são conectados a chamada teia ao redor do mundo, que portam e transportam indecências e inocências humanas, além dos limites humanos dos seres ditos assim.

Nós Baratas, que nos alimentamos de cultura e papel, injetamos sementes que apenas encontrarão fertilidade com o adubo do pensamento. Desejamos uma sociedade sem emoções baratas que embotam as mentes baratas. Queremos escola barata, cultura barata, comida barata e todas as outras necessidades básicas baratas.

Nós Baratas, que sobrevivemos de informação e regozijamos textos, arte e poesia, queremos uma Internet barata a ponto de que todas as pessoas possam suprir suas necessidades básicas de cultura. Queremos uma sociedade sem política barata, sem cara corrupção; uma sociedade livre e igualitária.

Nós Baratas, não temos a perspectiva de nos tornarmos mártires, apenas não acreditamos na passividade das baratas e não admitimos morrer pisoteados ou passar uma existência escondidos dentro de uma toca, saindo apenas na calada da noite em busca de restos de comida abandonados. Queremos apenas divulgar a cultura barata, mostrando que não necessitamos de leis nem regras, autoridade ou poder, para seguir nosso rumo. Ser governado é para escravos, homens livres se governam; já as baratas, guiam-se e difundem-se numa rapidez imensurável, libertas dos dejetos que chamamos de preconceito e propriedade, vivendo numa sociedade coletivista, onde nada é de ninguém e tudo é de todos.

Nós Baratas, neste 1º de maio, nada temos a comemorar. . O Dia do Trabalho nos lembra várias atrocidades que sofreram nossos companheiros baratas, ao longo desta caminhada rumo a uma sociedade livre. Lembramos dos ativistas de Chicago, em 1886, que ao lutarem pelas oito horas de trabalho diárias, foram presos e quatro deles enforcados. Morreram por não concordarem com a exploração e o escravismo da sociedade dominante, do Estado repressor. Morreram por não aceitar os pesticidas que as autoridades insistem em nos aplicar.

É por isso que, nós Baratas, queremos e lutaremos por uma sociedade livre, isenta de todo o veneno que há séculos nos submetem. Divulgaremos nossos ideais baratas à todo ser que cruzar nosso caminho, numa rapidez de multiplicação que só nós Baratas somos capazes de gerar. Com isso, nada nem ninguém terá a força nem a intelectualidade de nos parar e buscaremos, à todo custo, nossa sociedade barata com a resistência que nos é peculiar.

Nós Baratas, assumimos a identidade de um inseto que além de estar presente em grandes obras da literatura mundial como simbolo de metamorfose, têm na resistência seu fator vital. E é esta resistência que usaremos para impedir que o planeta do futuro seja habitado apenas por baratas.

Assinam As Baratas:

1 - Luiz Carlos Cichetto - webmaster@abarata.com.br
2 - Philipe Ribeiro ("PH") - philipe_ribeiro@hotmail.com
3 - Thiago M. Borges - (Joseph Verzagen) - igual@ieg.com.br
4 - Luena Chaves - luena@amazon.com.br
5 - Jorge Luiz A. Jr - (Jorgim) hvnpunkrock@hotmail.com
6 - Ernesto Gaia Guimaraes - ernestogaia@istoe.com.br
7 - Daniel A. Salla (Soulfly in Memory) - soulfly@ondefor.com
8 - Jorge Rocha - usina_de_ideias@bol.com.br
9 - James Veras - james.veras@uol.com.br
10 - Raul Cichetto ("Stargazer") - raulrc@uol.com.br
11 - Bruno Marchena (Falx D'Winter) - minino-puro@bol.com.br
12 - André Nunes - torrad@bol.com.br
13 - Rafaela Treptow - rafaela_treptow@hotmail.com
14 - Ian Cichetto ("RB" ) - pycho.mouse@ul.com.br
15 - Waldo Luiz de Almeida Junior - wlajfuror@ig.com.br
16 - Talita Almeida (T.Wendy Coisas) - holy.war@bol.com.br
17 - Andrei Simões - andrei@amazon.com.br

Aderentes:

01 - Guilherme Chiurciu Alpendre - g_alpendre@hotmail.com
02 - Maira Reicher - lika_tds@hotmail.com
03 - Manoel Alves Calixto - calixto.b@uol.com.br

Sites Que Divulgaram ou Estão Divulgando Este Manifesto

http://www.abarata.com.br - Luiz Carlos Cichetto
http://cocozine.cjb.net - Falx D'Winter
http://www.igual.hpg.com.br - Joseph Verzagen
http://anarquista.cjb.net - Philipe "PH" Ribeiro
http://www.mrgato.hpg.com.br - Waldir Pratti Junior 
http://www.geocities.com/poemas_calixto - Manoel Alves Calixto

Brasil, 1º. de Maio de 2001
25/6/2000
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.628 - Livro 973 - Livro 474

(11) 96358-9727


Camisetas
Livros
Pinturas


A Barata - O Site
A Barata na Mídia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Fest'As Baratas
Fotos

Por Título
Por Livro
Por Data
Com Áudio
Musicados
Com Vídeo
Livros Impressos

A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
Coletâneas de Rock


Artesanato
Camisetas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Convergências
PQP - Puta Que Pariu
Pinturas
Sub-Versões
Videos
Webradio

Gatos & Alfaces
Pi Ao Quadrado
Revist'A Barata
Revist'A Barata Digital
Versus


Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Micrônic'As Baratas
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros

Ataraxia
Crom
Kakerlak Doppelgänger
Madame X
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Pornomatopéias
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Seren Goch: 2332
Tublues
Vitória

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 On Line:  112