Barata no Radar Cultura, com a Banda Pedra
O Homem, o Poeta e o Giraçol
Morphine, ou Percepção Emocionada
Woodstarkus - Uma Celebração á Paz
Esperando Papai Noel
Manifesto Singular
Em Busca da Mulher-Barata
Censura? Sempre e Mais...
"O Amor é a Compensação da Morte"
Inserir >/ Quebra... > / Quebra de Página
A Superioridade dos Artistas
Coçar a Cicatriz, Xingar a Meretriz e Sonhar Com a Imperatriz
Viver é Fatal! Quem Viver... Vi...Verá!
Resquícios Críticos Indecentes (Ou Ctrl C/Ctrl V)
Fui!!!
O Rei Está Morto, Então Viva o Rei!
Cabeça de Barata
Acabou a Festa do Latino
Rádio Barata
O Jagunço
Foda-se!!!!
Sonha Comigo!
Que Venham as Putas!
Foda-se e Feliz Aniversário, Betty Boop!
Dias Em Que A Gente Nem Consegue Escrever...
Denny Dent, Diogo Oliveira e os Gênios da Cultura Rock'n'Roll
Sebos & Puteiros
Amor? Nem de Mãe!
Viva Sua Vida ou Vá Se Foder!
O Conto da Barata
A Síndrome da Assepsia
Sangue de Barata - Ou A Grande Família Chamada Rock'n'Roll!
Emoções Baratas
Manifesto dos Desbaratados
Livre Por Natureza
Enquanto Os Cães Passam as Caravanas Ladram!
Abortando a Folha de São Paulo
A Droga do Amor
Ladrão de Bife Não é Herói
Papai Noel é Um Cara Legal...
Que Me Perdoem os Eunucos
Tudo em Nome do Rock And Roll
Dogville , de Lars Von Trier
Estranhas Mutações
Tumantes e Seus Cometas no País dos Boasmerdz
Já Que é Para Esculhambar...
Dia da Consciência...
Iggy Pop
Serguei Iessiênin
Vai Se Foder!

Arca do Barata Contos d'A Barata Crônic'As Baratas Entrevist'As Baratas Fal'A Barata!Micrônic'As Baratas + Resenhas de Filmes + Resenhas de Livros +

BARATA NO RADAR CULTURA, COM A BANDA PEDRA
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
Em final de agosto, um convite feito a Johnny F., criador e administrador do blog Lágrima Psicodélica e da Rádio WULP, foi para meu orgulho, transferido sob recomendações, á minha pessoa.

Tratava-se da participação em um programa da Rádio Cultura Brasil, o Radar Cultura, no ar todas as tardes das 3 as 5 da tarde. O objetivo seria o de colocar frente a frente, uma banda de Rock e alguém representando um blog ou site de música. Era o segundo programa da série inaugurada pelo cantor Di Melo e o jornalista, filho do brilhante Valdir Zwetsch, Ramiro.

Na figura do produtor Alceu Maynard Araujo, a emissora entrou em contato e após um longo e expressivo papo combinamos dia e horário: quinta-feira, 9 de setembro...

No dia combinado, meia hora antes do horário estávamos, eu e minha fiel companheira Bell, prontos. A ansiedade era grande e só não durou mais pois o carro da emissora que nos buscou na distante Guaianases chegou antes. Com o simpático Marcos Aurélio no volante, atravessamos a cidade de São Paulo rumo ao seu outro extremo, na região da Água Branca, zona oeste. Tentando quebrar a tensão, puxei conversa com o Marcos, que sempre sorridente me acompanhou nas divagações sobre a política que teima em martelar nossas cabeças.

Chegamos á sede da Cultura bem antes do horário previsto e fomos logo recebidos com muita simpatia por nosso anfitrião Alceu. Entrego a ele uma camiseta de A Barata e ele nos leva a conhecer alguns pontos da emissora e, o melhor deles que viria a realizar um sonho meu de muitos anos: a discoteca. Perdidos naquele mar de discos de vinil, logo fomos recebidos por Paulinho, funcionário da Cultura há 29 anos que, com orgulho contou-nos sua trajetória, que começou como office-boy e hoje é o responsável por aquele tesouro: 52.000 discos de vinil!!!

Permanecemos ali um pouco e nos despedindo do Paulinho, fomos até a lanchonete - cara por sinal -, onde tomamos um café e ficamos sentados num banco feito de troncos de madeira ao lado de uma escultura que ostenta uma frase de Garcia Lorca. Em pouco tempo, Pedro Nakano, outra figura simpática da produção da rádio nos chamou: era chegada a hora. A ansiedade era grande e ainda no corredor, encontramos Alceu com Luiz Domingues e Xando Zuppo da banda Pedra, com que partilharíamos a programação.

Adentramos ao estúdio e, com o coração aos pulos, sentei-me ao lado do produtor Alceu Maynard, enquanto que os dois integrantes da banda se postavam ao lado da simpática apresentadora, Roberta. Após uma pequena apresentação, da banda e minha, como um dos produtores do blog Lágrima Psicodélica e do site A Barata. A partir desse momento também fomos acompanhados Por Cesar Gavin, que entre outras coisas administra o blog Vitrola Verde.

A primeira pergunta feita pela apresentadora á banda, se referia a influencias e estilos, respondida por Xando e comentada por Alceu e continuada por Domingues e Zuppo. Falou-se sobre questões mercadológicas que mudaram a atitude do Rock. A questão da mudança de comportamento dos jovens perante o Rock e a influencia da mídia na interferência na história do Rock no Brasil e foi arrematada por mim falando sobre o retrocesso que houve, com a extinção das rádios de Rock e por Xando afirmando que o Rock foi apenas um vítima nesse processo.

Depois quase uma hora de debate sobre assuntos que giraram em torno de comportamentos e atitudes no Rock, passando pelas influências sofridas em função da Internet, que tornou as pessoas mais egoístas, fazendo com que fosse deflagrada uma crise primeiramente na venda de discos e posteriormente na própria presença das pessoas em shows, entremeados pelas canções da banda Pedra, concluímos o programa.

Em seguinte fomos levados a um outro estúdio onde gravamos a participação no quadro Cinco Sons onde sob o tema "Canções de Amor Exageradas ou Canções Exageradas de Amor". As músicas escolhidas por mim foram : Caetano Veloso (Vicente Celestino) "Coração Materno", Raul Seixas "Tu És o MDC da Minha Vida", Rogério Skylab "Motoserra", Camisa de Vênus (Adelino Moreira) "Negue" e Cazuza "Exagerado".

Por volta de cinco e meia da tarde, um outro carro da Cultura, desta vez conduzido por outra figura simpatica, meu xará Luiz nos leva de volta. Enfrentamos quase duas horas no horário de "rush" paulistana, com uma impressão maravilhosa, apesar dos problemas que a Cultura vem enfrentando por causa de uma desastrosa administração.

Aproveito o momento para prestar a todos os funcionários da emissora nossa solidariedade e colocar tanto A Barata, quanto o blog Lágrima Psicodélica á disposição para o que necessitarem. Políticos incompetentes já destruíram demais a Cultura e a Cultura brasileiras. É preciso dar um basta!

Obrigado, Marcos Aurélio, Alceu, Pedro, Cesar Gavin, Paulinho, Roberta, Luiz, por nos permitir respirar Cultura. Abrazzzzzzzz
11/9/2010
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.628 - Livro 973 - Livro 474

(11) 96358-9727

 


Camisetas
Livros
Pinturas


A Barata - O Site
A Barata na Mídia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Fest'As Baratas
Fotos

Poemas Por Título
Por Livro
Por Data
Com Áudio
Musicados
Com Vídeo
Livros Impressos

A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
Coletâneas de Rock


Artesanato
Camisetas
Convergências
PQP - Puta Que Pariu
Pinturas
Sub-Versões
Videos
Webradio

Gatos & Alfaces
Pi Ao Quadrado
Revist'A Barata
Revist'A Barata Digital
Versus


Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Micrônic'As Baratas
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros

Ataraxia
Crom
Kakerlak Doppelgänger
Madame X
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Pornomatopéias
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Seren Goch: 2332
Tublues
Vitória

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 On Line:  51