(11) 96358-9727

 

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

 

 Arca do Barata Cinematec'A Barata Contos Crônicas  Entrevistas  Facebookianas  Fal'A Barata! Livrari'A Barata  Micrônic'As Baratas


FABRIZIO MICHELLONI
Barata Cichetto
Carro Bomba

Fabrizio Michelloni

A entrevista a seguir foi feita com o baixista do Carro Bomba, Fabrizio Michelloni, por E-Mail, em Novembro de 2008.

Barata Cichetto Primeiramente, como surgiu a idéia da banda e de quem foi a idéia e o porquê do nome "Carro Bomba"?

Fabrizio O Bomba nasceu em uma famigerada festa que rolou na minha casa no final de 2003. Fizemos uma puta Jam e logo pintaram umas datas; precisávamos de um nome e eu mandei Carro Bomba.Os caras curtiram e ficou.

Barata Cichetto Marcelo Schevano foi da Patrulha do Espaço, Rogério Fernandes cantou no Golpe de Estado... Enfim, fala um pouco da trajetória dos músicos até se encontrarem e formarem a banda.

Fabrizio Tive várias bandas de colégio durante a década de 90, sempre com o intuito de fazer som próprio, até rolar um lance legal com o Marinho Thomas (Batera do Casa das Máquinas) e o Alexandre Hard (Guita do Madgator). Fazíamos uns covers cheios de improvisos e foi bem louco. Daí pintou o Bomba.

Barata Cichetto Como define o som do "Carro Bomba"? “Nervoso”? Sério, o som é bem pesado, definiria como Hard Rock, Metal? Existe isso, a coisa de definição de um tipo de som, ou simplesmente a coisa acontece?

Fabrizio Esse lance de definir o som já deu no saco!Claro que tem um direcionamento, mas se for pra rotular, diria que é um Rock Metal Peçonhento Ultra Honesto.

Barata Cichetto Qual é a formação musical dos integrantes do "Carro Bomba" e que tipo de som vocês escutam?

Fabrizio Aprendi na raça e escuto muita coisa, de Robert Johnson à Sayer, passando pelos Novos Baianos, hehe...

Barata Cichetto "Carro Bomba" começou como um "Power - Trio", mas há cerca de um ano passou a ser um quarteto com a entrada do Rogério e liberando mais o Marcelo como instrumentista. O que mudou no som da banda?

Fabrizio Não vejo como mudança, mas sim como evolução, pois a essência está ali. O barato é que essa nova fase está nos proporcionando várias possibilidades em termos de arranjos e composições...e está,acima de tudo,enriquecendo a banda como um todo.

Barata Cichetto Falando em mudanças, atualmente o "Carro Bomba" tem seu terceiro baterista em cerca de três anos de existência da banda. Essas trocas na "cozinha" não faz com que a banda perca um pouco o "ritmo"?

Fabrizio Essas coisas acontecem. Quanto à sonoridade, não há nenhum risco, pois costumo dizer que baixo e batera são uma coisa só, e, além disso, fomos cautelosos nas escolhas, pegamos caras criativos e muito competentes, mas tomara que não precisemos mais sair na captura de ninguém!!!

Barata Cichetto Fabrizio é um baixista que "desce o braço" no instrumento. Quem são suas influências em termos de músicos. E também é uma pessoa de idéias, digamos, pouco ortodoxas. Quais são suas influências culturais? O que gosta de ler?

Fabrizio Sempre gostei de baixistas destruidores!!!Minhas maiores influências foram Jack Bruce, Tim Bogert, John Entwistle, Geezer Butler, Cliff Burton, Steve Digiorgio, Steve Harris e vários outros. Nunca fui muito de ler,sempre preferi música e cinema.Gosto do Bukowski e também da Chiclete com Banana e do Asterix. Quanto às idéias pouco ortodoxas,sei lá,cada um é como é.Eu apenas não gosto de ver minha inteligência sendo insultada,e a cada dia isso é o que mais acontece com qualquer pessoa que tenha um pouco de sensibilidade e percepção do mundo ao seu redor.

Barata Cichetto As letras da banda são em português e bem construídas em sua maioria, fugindo da mesmice dos temas tradicionais de letras do Rock. Qual é a base cultural da banda?

Fabrizio O lance das letras é puro feeling e honestidade. Claro que rolam influências e tal,mas além do “Controle Bomba de Qualidade” ,temos principalmente bom senso e auto – crítica,o que ajuda bastante e,a meu ver, faz a diferença.

Barata Cichetto O que pensa sobre o panorama do Rock feito no Brasil atualmente, não acha que, com exceção de bandas gravando Metal e em inglês com o olho no exterior, pouca coisa tem acontecido? Acha que o Rock pesado cantado em português, do jeito que o "Carro Bomba" toca tem público no Brasil?

Fabrizio Tem muita coisa boa por aí, o problema é que apesar das facilidades tecnológicas que temos hoje, ainda há uma muralha aparentemente intransponível para se atingir o “grande público”... temos fãs espalhados por todo o Brasil e até exterior,o que prova que público há;mas se você ficar pensando em fatias de mercado pode acabar comprometendo a música,pelo fato dela não fluir espontaneamente.

Barata Cichetto Tem uma música no último disco, "Nervoso", que é homônima de outra, cuja letra é minha e foi gravada pela banda Tublues. Quais são as semelhanças entre "A Barata" e "Carro Bomba", e nossos "Sangues de Barata"?

Fabrizio Pra ser bem direto, diria que as semelhanças é que somos todos guerreiros em prol da arte... e de sangue bem quente.

Barata Cichetto Terminando: existe pouca coisa na Internet sobre o "Carro Bomba", então use o espaço de "A Barata", com "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade" e cometa quantos Atentados quiser, mesmo que "Nervoso". Manda bala!

Fabrizio Rolam várias páginas nossas no Google e afins... mas o que realmente importa é som na caixa!!!Vamos prestigiar quem tá batalhando, rapaziada... Internet, Myspace, Downloads são legais e têm sua importância, mas o que realmente vale é a galera pirando nos shows... Então apareçam e enlouqueçam!!! E pra finalizar, valeu Barata, grande brother!
3/11/2008
Registro no E.D.A. da F.B.N. : -


1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

CONHEÇA NOSSOS PARCEIROS

 

(11) 96358-9727

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.

 On Line

Política de Privacidade

Free counter users online