Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

Rê Joplin

Rê Joplin
Kozmic Blues
.................................................................................................................................................................................
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com

Rê Joplin, dona da Kozmic Blues

Barata Cichetto: Rê, começa contando pra gente como começou essa paixão pela Janis Joplin.
Rê Joplin: Bem, começou nos anos 70, eu era criança,mas a gente já ouvia Rock em casa por influência da minha mãe e meu tio. Quando meu irmão mais velho ficou adolescente começou a curtir Led, The Who, Kiss,The Band, Dylan , etc e...Janis. Um dia ele trouxe pra casa o disco ""Kozmic Blues"", achei incrível a voz da Janis, eu pensei que ela era negra, como muita gente. E quando vi uma foto dela pirei! O visual era muito louco e me identifiquei de cara! Depois disso passei a ler tudo sobre ela, e foi assim que me apaixonei pelo mito Janis Joplin, virei fã e colecionadora.

Barata Cichetto: Conta um pouco da história da Kozmic Blues. A loja está de endereço novo, conta pra gente porque ficou fechada e quais as expectativas no novo local, a Galeria Nova Barão.
Rê Joplin: A Kozmic é um sonho antigo. Desenho roupas desde criança, e minhas criações sempre giravam em torno das roupas coloridas, manchadas e psicodélicas dos meus ídolos do Rock e de lembranças de roupas que os meus primos mais velhos usavam nos anos 70. Assim que tive a oportunidade, concretizei meu sonho e não parei mais. Fui parar em um lugar alternativo, a Galeria Ouro Fino,onde só tinham tribos e pequenos criadores de moda. O problema é que o lugar acabou ficando fashion demais e atraiu lojas de roupas industrializadas. Aí mudou o perfil do público e foi o momento de sair de lá. Na Barão é mais legal porque somos em 13 “caras” (na verdade 12 caras e uma garota) idealistas,do Rock and Roll, do vinil, e do bem, construindo uma nova história em um lugar alternativo, bem no centro de São Paulo.

Barata Cichetto: Aliás, você tem uma outra loja em São Tomé das Letras. Fala um pouco sobre a loja, o público da cidade. Como são as coisas lá?
Rê Joplin: Eu tenho uma casa lá, que é bem legal, tem fachada de pedra, muito louca mesmo. E a loja é na sala. O público é basicamente de turistas de BH, Rio , Sampa, Curitiba e Espírito Santo .Tem de tudo, Bicho grilo, músicos,pessoas que curtem roupas diferentes, mas que não encontram em suas cidades, e muitos que realmente gostam do estilo. Eles piram com a loja, e costumam chamá-la de “o túnel do tempo”.

Barata Cichetto: Você se considera um ""dinossauro"", ou melhor uma ""dinossaura"". Não tem receio de ser taxada de antiquada? Seu publico é de que tipo de pessoas?
Rê Joplin: Ah! Já to sim com um pezinho na pré-história, hehe Olha, eu já ouvi de tudo quando saí do ""gueto"" na Ouro Fino e fui fazer feiras de público variado. O jovem de hoje é muito careta. Basta olhar pras ruas do centro, da Paulista, Jardins ou Shoppings. É tudo monocromático. Muito cinza, as cores são basicamente preto, azul, branca todo mundo praticamente igual, como se fosse uniforme: jeans e camiseta. Putz nos anos 60 e 70 também usavam jeans e camiseta, mas com muito mais criatividade, tudo customizado, colorido, feliz! hehe...Eu ando pelo centro e não me conformo com a falta de alegria nas roupas dos jovens hoje em dia...Tudo meio triste. Imagine quando eles entram na minha loja? Eles acham que é loja de fantasia! hahaha. O que me estimula é saber que existe um público pro tipo de roupa que eu faço, é pequeno, segmentado ,mas existe! São 90% músicos, pessoas ligadas as artes de uma forma geral e quem tem personalidade definida, que não seguem essa coisa ditadora chamada moda. E eles piram com as roupas!
Antiquada por fazer roupas de estilo? Ah, então eu sou sim! Hahaha assumidamente feliz!

Barata Cichetto: Na loja da Galeria Ouro Fino você tinha um altar dedicado á Janis. Ainda tem na loja nova? Como as pessoas encaram isso? Não acham exagero?
Rê Joplin: Na verdade eu não considero um ""altar"",essa história começou com uma matéria que fizeram da loja na revista Gallery Style , eles denominam assim , mas na verdade é um acervo, porque sou colecionadora de Janis Joplin. Hoje ele fica na minha casa, no meu quarto, infelizmente na Barão não tem espaço. As pessoas achavam que era um ""altar"" mesmo, hehehe, e sempre curtiram bastante. Agora, exagero? O que é exagero para um colecionador?

Barata Cichetto: Além de Janis Joplin, que outros artistas costuma escutar? Que acha do atual panorama do Rock?
Rê Joplin: Eu adoro Rock dos anos 60 e 70, particularmente o perído de 65 a 75.Então são tantos: Led,Stones, Traffic, Doors, Dylan, Floyd, Jefferson Airplaine, The Mammas in the Pappas, Sabbath, Jethro Tull, The Band, The Who, David Bowie, Yes,ELP etc. Nacional: Tutti-Frutti, Made in Brazil, Casa das Máquinas etc
O panorama atual é triste, lá de fora eu parei no Black Crows e daqui tenho visto uma galera jovem fazendo rock setentão com muita categoria, to impressionada, mas infelizmente sem espaço na mídia. O que vai pras rádios é só lixo, infelizmente, mas acho que quem tem talento não deve desistir nunca. O Rock é assim mesmo, sempre foi um lance pra uma galera que pensa diferente da maioria.

Barata Cichetto: Quais são suas baladas prediletas? Tem algo a haver com a personagem do Angeli, sua xará, a Rê Bordosa (risos)?
Rê Joplin: Eu sempre vou em shows de Rock, quase todos os meus amigos são músicos, então é inevitável e eu adoro.
E to querendo achar uns lugares que toquem Black Music dos anos 70 porque também curto muito.
O Angeli criou a Rê Borbosa em 84, então a viagem dela era mais pra Cristiane F. do que pra onda paz e amor que eu curtia, hehe. Mas acho que a relação dela com os homens, a bebida e o mundo de uma forma geral, tinha muito a ver com as contradições, ânsias e conflitos internos da Janis. Engraçado que apesar de serem de gerações diferentes, agiram de maneira muito parecida. Mas adoro os quadrinhos da minha Xará, são hilários e super atuais.

Barata Cichetto: Quais são seus projetos futuros para sua vida pessoal e para a loja? Me contaram que você tem planos de montar uma banda ""Cover"" de Janis. É verdade?
Rê Joplin: Na vida pessoal, sem projetos, vivo um dia de cada vez. Para loja to realmente dando o sangue, adorando ter meu point de novo e curtindo minha volta ao centro depois de 17 anos. Agora, Banda cover como? Eu não canto, não toco, não danço, não sapateio! Hahaha impossível!é a mais pura lorota!

Barata Cichetto: Esse lance de violência e insegurança que anda muito forte. De que maneira isso te afeta, como ser humano, como cidadão, como mulher e como empresária?
Rê Joplin: Acho lamentável o que anda acontecendo em São Paulo. É bem como a música do Rappa “As grades do condomínio são pra trazer proteção, mas também trazem a dúvida se é você que está nessa prisão” . Somos reféns dessa violência toda, aqui. Eu to investindo na minha vida aqui, porque amo São Paulo, mas espero que as coisas não continuem nas mãos dos traficantes e políticos mafiosos.

Barata Cichetto: Rê Joplin por Reviane Rodrigues e Reviane Rodrigues por Rê Joplin.
Rê Joplin:.
Dizem que sou louca por pensar assim
Se eu sou muito louca por eu ser feliz
Mas louco é quem me diz
E não é feliz, eu sou feliz
É isso aí

Barata Cichetto: Sua mensagem final para a galera fã da Kozmic Blues, de Janis, da Rê Joplin:
Rê Joplin: A essência hippie é para quem tem uma consciência maior, então não importa se a mídia ou as pessoas menos esclarecidas menosprezem os nossos ídolos, porque eles são eternos e tudo o que eles realizaram a mais de 30 anos, já está escrito na história e reflete nas nossas atitudes até os dias de hoje.
Firmeza total galera!"
15/9/2006
Registro no E.D.A. da F.B.N. : -
Amyr Cantusio Jr.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Antonio "Tutu" Simmons
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Bento Araújo
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fabio Sliachticas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fabrizio Michelloni
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Gerson Conrad
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Marcelo Diniz
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Marcelo Watanabe
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Marcio Baraldi
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Nico Bates
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Pedrão
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Percy Weiss
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Rê Joplin
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Ricardo Alpendre
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Rolando Castello Júnior
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Camisetas
Livros
Revist'A Barata
Revistas Impressas
Artesanato
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Convergências
Ópera Rock Vitória
PQP - Puta Que Pariu
Webradio
Sub-Versões
Videos
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
A Barata - O Site
Fest'As Baratas
A Barata na Midia
Barata Cichetto, Quem É?
Depoimentos
Amigos & Parceiros
Fotos
Arquíloco (1981)
Sangue de Barata
Impessoal e Transferível
1958
A Verdadeira História da Betty Boop
Emoções Baratas
O Olhar Gótico da Morte Dentro da Cibernética Taverna
O Câncer, O Leão e O Escorpião
O Cu de Vênus
O Êxtase
Poemas Perdidos

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 On Line:  327