SUBINDO PELA ESCADA QUE DESCE
Barata Cichetto
Quando garoto eu subia escadas de prédios no centro da cidade em busca de putas. Eram as melhores as que ficavam acima do quarto andar, aprendi. Eram as mais carinhosas. Um dia uma me empurrou escada abaixo e então desci pela primeira vez uma escada sem usar os degraus. No outro dia, quando voltei ali e quis subir, alguém colocou a mão no meu peito dizendo: "Estás subindo pela escada que desce!" E sempre foi assim. Sempre minhas tentativas de subir eram por escadas que desciam. E não pensem que essa conversa é daqueles beberrões que, caídos na beira da sarjeta, esperam apenas a morte para que não sintam mais a ressaca. Daqueles que se sentem derrotados, injustiçados, feridos, com baixa auto-estima. Não, nada disso. Subir pela escada que desce parece ser um fenômeno na minha existência. E eu sempre subia. A escada é que descia.
26/4/2013