O BANQUEIRO ANARQUISTA
Fernando Pessoa
"O Banqueiro Anarquista", de Fernando Pessoa, um texto escrito há quase cem anos, mas que deveria ser obrigatório à pseudo-anarquistas, pseudo-esquerdistas e fanáticos políticos de uma forma em geral. É uma reflexão sobre liberdade e conceitos políticos, que deveria ser lida e discutida em todas as salas de aula, e obrigatório, especialmente a professores de história, daqueles de camiseta do cheguevara. O pensamento político de Pessoa é ignorado, por razões das quais a gente conhece bem, já que é extremamente contundente e diverge das corrompidas correntes "culturais" modernas, sempre atreladas, inexplicavelmente, à esquerda. Conheci esse texto há poucos dias, e ele vem absoluta e totalmente de encontro ao meu pensamento político, alimentado por filósofos como Ayn Rand, que por certo bebeu, senão na fonte do poeta português, em alguma bem próxima ou que tinha a mesma "Nascente".

O Banqueiro Anarquista foi publicado pela primeira vez na Revista Contemporânea, em 1922, e posteriormente na edição póstuma de "O Livro do Desassossego", de 1982. Foi o único conto que Fernando Pessoa publicou em vida, sendo considerado uma das melhores ficções do poeta Pessoa.

Sobre o vídeo: áudio retirado de um vídeo publicado pelo canal "Macaco Pelado", do Youtube. O vídeo original é de uma peça de teatro, com o áudio gravado direto, com qualidade muito baixa. Foram horas de edição, equalização e "limpeza" do áudio para o resultado apresentado. A peça, bem como maiores informações não identifiquei, portanto, caso alguém conheça, por gentileza, deixe nos comentários, para os devidos créditos.

Trilha Sonora: Alpha III - "Plêiades"

 

Íntegra do texto: https://baratacichetto.blogspot.com/2018/11/o-banqueiro-anarquista.html
19/11/2018
https://youtu.be/dyr8MSrd8IU