(16) 99248-0091

Apóie a continuidade deste trabalho, totalmente independente desde 1997. Saiba como participar clicando na imagem ao lado.

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

O PRIMEIRO SUTIÃ A GENTE NUNCA ESQUECE
FABIO "KILL" CARVALHO
1/5/2004
Já se perguntou quantos “micos” a gente paga em se tratando de sexo? É incrível, mas são tantos que um zôo lógico que seria pouco. Mas entre tantos, tem alguns que nos marcam mais fundo. Normalmente vergonhosos, é verdade, mas engraçados quando tempos depois, nos lembramos deles. E é exatamente o caso desta pequena lembrança que me retorna à mente agora.

Minha namorada se chamava Rosa, mas da flor, ela só tinha os espinhos. Religiosa ao extremo ia na igreja três vezes por semana. Consciência pesada é claro, pois safada maior eu nunca vi. Gostava tanto da coisa que era do tipo que se molhava toda só com as preliminares. Podia ser em qualquer lugar; no quarto, na laje da casa, na praça ou na sala, bastava uns toques nos locais certos e ela se contorcia toda, como se fosse um centopéia com cólicas. Mas admito que isso era bom, aliás, bom demais. O chato era mesmo manter a fachada de moça pura aos pais dela, pois se eles imaginassem a safadeza que fazíamos após eu a buscar na porta da igreja aí não teria jeito, ou casava ou enfrentava a espingarda. Casar de jeito nenhum, levar tiro de sogro menos ainda! Por sorte, nunca desconfiaram de nada.

Onde entra o sutiã? Ah sim, apresentada a safada que usava saia até o calcanhar para parecer pura, vamos à história que justifica o título. Mas antes uma pequena observação. Acabo de comentar sobre o comprimento da saia, já reparou que as pessoas imaginam que saia comprida é sinal de moça correta? Mas quem assim como eu namorou uma destas moças sabe que a finalidade destas moças puras usarem estes saiões é que eles possuem duas funções, manter a fachada e facilitar nossa vida. Afinal, se alguém te pega no flagra com uma moça que usa calça, já era, não dá tempo de se vestir e dá casamento ou espingarda. Já no caso em questão, é só levantar a saia e mandar ver, e se alguém aparecer, é só abaixar. Prático não?

Certa vez, estávamos em casa, minha mãe dormia em seu quarto e eu havia mentido que estávamos sozinhos. Afinal, se ela soubesse que não estávamos sozinhos na casa poderia querer não dar. Mas para meu azar, ela não deu mesmo assim; estava naqueles dias. Eu nem liguei, podia fazer um monte de coisas em outras áreas corporais, não é? Pois é, mas ela era moça pura, tinha coisa que não fazia, acho que para aliviar a pena quando a ira divina se abatesse sobre ela. Assim, ou eu ficava na mão ou ficava só nos carinhos. Fiquei com a segunda opção e para infelicidade de sua saia vermelha, acabei deixando ela digamos, mais branca. Ninguém é de ferro...

Mas aí ela foi tomar um banho e eu fiquei deitado na cama, com os hormônios saltando pelas paredes e pensando no corpo de Rosa. Ah, como era lindo. Carnudo, peitinhos firmes e pernas grossas. Uma bunda perfeita e uma pele de neném... Carente, peguei seu sutiã e comecei a cheirar, ah, doce como mel. E aí, me ocorreu uma idéia de girico. Coloquei o sutiã dela para fazer uma piada, ia entrar no banheiro e faze-la rir um pouco. Já que não pudemos transar, pelo menos que nos divertíssemos.

Mas quando ia para o banheiro, já com o sutiã preto no corpo, e de resto peladão como minha mãe me pôs ao mundo, justamente ela, minha querida mãe, me pegou no flagra, peladão, descabelado, de pau duro e sutiã preto. Não comi a flor e ainda paguei o maior mico. É verdade; o primeiro sutiã a gente nunca esquece...


"Choose Your Side"
Rua Fany de Carvalho Prata 312, JD São Paulo
Poços de Caldas - MG - CEP 37704-001
AC/Fábio G.Carvalho

19/06/2004

FACEBOOK ADDS

15/6/2010 - Alexandre Wildshark - Virada Cultural (São Paulo 15 e 16 de Maio de 2010, Mogi Guaçu 22 e 23 de Maio de 2010)
2/12/2009 - Alexandre Wildshark - Resenha do Show do VENOM em São Caetano.
3/11/2009 - Paulo Leminski - Rock and Roll
1/11/2009 - Barata Cichetto - WoodsTarkus
16/10/2009 - Duda - Momentos Extremos de Meu Encontro com Raul Seixas, o Eterno Amigo.
16/10/2009 - Duda - O Repórter Perguntou: “E o Que Você Prega?” E Raul Munido de Ironia Respondeu: “Pregos, e Muito Mal Pregados".
16/10/2009 - Duda - Meu Encontro Com Raul Seixas, Meu Livro Vivo
1/10/2009 - Kim Kehl - Liberdade Criativa
28/9/2009 - Raul Cichetto - Infecção Cadavérica
23/9/2009 - Mário Pacheco - Rock Malhado S.A.
10/9/2009 - Greta Garbo - E Se!
7/9/2009 - Luiz Carlos "Barata" Cichetto - Liberdade... Abre As...
14/11/2008 - Greta Garbo - Boca
11/11/2008 - Dum De Lucca - Jazz Rock, a Fusão Entre o Céu e o Paraíso.
5/11/2008 - Dódi Hernandes (D.H.) - Vôo da Chave Antenada
1/11/2008 - John Hemingway - Tradução: Lúcio Júnior - Em Solidariedade a Ronaldo e Hemingway
1/11/2008 - Rodrigo Oliveira - Espantalhos, Pedras e Poemas
22/10/2008 - Dum De Lucca - "CSNY, Déja Vu”, do Genial Neil Young, no Festival de Cinema de São Paulo
21/10/2008 - Alexandre Wildshark - 14 de Maio de 2008, o Dia Que a Guitarra Brasileira se Calou! Um Tributo ao Mestre Wander Taffo
20/10/2008 - Wagner R. - A Fome
18/10/2008 - Antônio Celso Barbieri - Entrevista Rejeitada de Celso Barbieri
15/10/2008 - Belvedere Bruno - Enclausurada
13/10/2008 - Wagner R. - Um Bate-Papo Com Integrantes do Grupo 'Tântalus Cantantes"
30/7/2008 - Felipe Cerquize - Jogos da Vida
6/5/2008 - Mário Pacheco - Cu
5/5/2008 - Antônio Celso Barbieri - Rock Fantasma
25/4/2008 - Fernando Barreto - Rock And Roll Hates Me
20/4/2008 - Dum De Lucca - Tríade da Música Perfeita: Democracia, Diversidade e Informação
14/4/2008 - Wagner R. - Música, Por Favor... Quero Cantar...
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 2)
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 1)
11/11/2007 - Belvedere Bruno - Ponto Final
5/10/2007 - Adriano Coelho - Os 35 Anos da Led Slay
25/9/2007 - Adriano Coelho - Os 73 Anos da Maior Musa do Cinema
13/9/2007 - Antônio Celso Barbieri - Homosinteses
5/9/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - Syd Barrett: O Elefante Efervescente Não Está na Praça da Apoteose
5/4/2007 - Chico Boy - Parabéns Barata !!!
2/4/2007 - Lazara Luzia - Repulsa
27/3/2007 - Lazara Luzia - G
12/3/2007 - André Mainardi - Edu Viola
28/2/2007 - André Mainardi - High Tide Reportagem publicada na Revista Só! Número Hum, Setembro de 2006)
13/2/2007 - Astribaldo - Astribólicas
24/11/2006 - Fabiano Gozzo - Troca-Troca
13/10/2006 - Sr. Arcano - Manifesto Soturno
1/1/2006 - Silas Corrêa Leite - Teen, Família e Sociedade
1/1/2006 - Fabio G. Carvalho - Que Droga de Religião?
1/1/2006 - Thiago Porto - Tipos de Drogas e Sua Aparência 
1/1/2006 - Thiago Porto - Histórico das Drogas
1/1/2006 - Luiz Carlos Maciel - O Fracasso da Contracultura
1/1/2006 - Luiz Cezar Pimentel - Sobre Drogas e Vício
> LEIA OUTROS TEXTOS >


(16) 99248-0091

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

De Poeta a Poeta

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Prefácios & Editoriais
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.
 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online