(16) 99248-0091

 

Apóie a continuidade deste trabalho, totalmente independente desde 1997. Saiba como participar clicando na imagem ao lado.

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

OS 35 ANOS DA LED SLAY
ADRIANO COELHO
5/10/2007
A Led Slay tradicional casa de rock de São Paulo completa três décadas de fidelidade ao rock, conheça um pouco dessa Historia que começou como uma brincadeira.

O Ano e 1972, um grupo de Amigos começa alugar salões para curtir um rock em roll, naquela época não tínhamos tantas revistas especializadas em rock como também não existia MTV, e nem rádios que se auto-rotulam como radio rock, internet? Nem em sonho, o negocio era bem underground, o rock era mais marginalizado do que hoje, depois daquela fase rock n roll bonzinho que o Brasil tinha nos anos 60 com a Jovem Guarda, o rock brasileiro começa a ser de verdade com o surgimento de bandas como Mutantes, O Peso, O Som Nosso de Cada Dia, Casa das Maquinas, Made in Brazil, entre muitos outros e foi nessa febre que surgiu a Led Slay fase áurea do movimento hippie, mas o proprietário Sandro de 50 anos conta que tudo começou com uma brincadeira, como já disse no começo da matéria, aos poucos começaram a alugar Salões maiores até que em 1981 a Led Fixou onde está, na Celso Garcia, mas em 1987 ele chegou a ir para o Aricanduva, mas acabou voltando no ano seguinte, em 1997 ela passou por uma mudança e aumentou o seu espaço.

Hoje temos mais lugares para agitar e mais estruturas para shows e, até para descansar já que a área ao ar livre e muito grande com direito a uma e já famosa mesa de Ping-pong, e um pequeno lago com carpas, a Iluminação da Led e o grande destaque e o som muito alto chega parecer que estamos vendo a banda ao vivo, isso sem contar com as grafites (que não tem mais) na parede que parecem perfeitos desenhos do John Lennon, Iron Maiden, Janis Joplin, Doors etc...

"A Led Slay para mim e tudo, afinal foi lá que conheci a minha esposa" -- conta Edson Frugis de 44 anos ele qua já tocou bateria e hoje trabalha na Zona Cerealista no Bairro do Brás, Edson conhecido como Minhoca adorava ir a Led ouvir Thrash do estilo Slayer e Kreator, durante cinco anos foi todas as quartas. Já para Leônidas Távora conhecido como Donda despachante de 40 anos, ele preferia ir a Led para Ouvir anos 70 bandas como: Ufo e Black Sabbath ele que já assistiu na Led, shows de bandas nacionais como Ira, Camisa de Vênus e Golpe de Estado, esteve presente na festa de 20 anos da Led Slay em 1992 onde foi sorteada uma moto CG, ele lembra e da risada já que sempre andou de moto, mas Donda alega que nem tudo e felicidade, em 1993 ouve uma batida policial e um amigo dele apanhou e muito dos policiais civis, e gente, o preconceito no rock existe, mas a Led Slay nunca parou no tempo o exemplo disso e que no inicio dos anos 90 a Led não deixou de tocar bandas de Seatle como Nirvana e Pearl Jam existe até dias especializados para essas bandas, Gilberto Rossi Jr. De 35 anos conhecido como Juba é professor de turismo da faculdade de Marilia e curte um estilo de som mais alternativo, elogia a Led por não parar no tempo, a maior lembrança de Juba era de uma menina que quando tocava algum som que ela gostava, ela corria para a pista e soltava o cabelo e ficava parecendo uma samambaia,

Agora o caso mais engraçado foi de Rogério Frugis Químico de 39 anos e conhecido como Miúda ele conta que uma vez estava numa festa de "Playboys" quando começou a tocar pagode, ele pegou sua namorada na época, e hoje sua esposa, saiu da festa e foi direto para a Led, a sua esposa se assustou quando viu aqueles cabeludos balançando a cabeça sem parar, Miuda que hoje da risada quando lembra dessas historias, ele gostava de metal mais clássico tipo Scorpions e AC/DC. Isac Piau ex - funcionário da Nestlé também curtiu não só a Led Slay, mas também á vizinha Fofinho, ele conta que um falecido amigo seu chamado Ismael, chegou a entrar num fã clube da Led com carteirinha e tudo isso em 1979, como deu para sentir que a Led tem muita história e bem acletica, lá você pode ouvir um rock n roll de Elvis Presley passando por um punk The Clash, não esquecendo do Hard do Guns n Roses e do progressivo do Pink Floyd.

Sandro conta que sempre evitou fazer eventos punks, já que essa galera nunca bateu muito com as idéias dos Heavys, mas mesmo assim isso e coisa do passado, a prova disso e que já houve show dos Inocentes, aliás, a Led já realizou diversos shows nacionais como 14 Bis, Viper, Dr. Sin, e eventos como BMU onde se apresentaram bandas como Dark Avenger, Thuata de Danan, Symbols, Sagga, Drowned e outras, Richard realizador do evento sempre diz que a Led e a cara do público rock de São Paulo, várias bandas internacionais já cantaram na Led como Marduk, Napalm Death, Gorgoroth, o curioso e que o público Black Metal e super comportado, ao contrario do que dizem defende Sandro, mas também já foi realizado na casa Festivais de White Metal, com presença da banda australiana Mortification. Mas a Led não vive só de rock o mpb tem presença forte na casa para reclamação de muitos roqueiros, a prova disso e que na Led já foi realizado Shows de Zé Ramalho e do atual ministro Gilberto Gil, além de tocar músicas no fim da noite como Elis Regina e Fagner. Sandro define o seu público como eclético, simples e respeitador, eclético pelo fato de ele ouvir na mesma noite Chuck Berry e Venon, é gostar, simples por que a Led é barata para entrar e consumir e respeitador porque e raro ver briga na Led, no local se realiza festivais de bandas covers onde pode rolar uma banda de Seatle como Foo Fighters e Melódico como Stratovarius, quem não gosta de alguns dos estilos vai tomar uma cerveja, nada de vaiar, o mais engraçado e a noite do alfabeto onde rola mini especiais com as letras, por exemplo, a= Aerosmith, B= Beatles, C= Creedence, e assim vai até a letra Z e lógico que a letra S, tem Sepultura, Santana, Supertramp, Saxon e com a letra X o que temos. Enfim se você se considera do rock e não conhece a Led, ela vai fazer falta no seu currículo.

FACEBOOK ADDS

15/6/2010 - Alexandre Wildshark - Virada Cultural (São Paulo 15 e 16 de Maio de 2010, Mogi Guaçu 22 e 23 de Maio de 2010)
2/12/2009 - Alexandre Wildshark - Resenha do Show do VENOM em São Caetano.
3/11/2009 - Paulo Leminski - Rock and Roll
1/11/2009 - Barata Cichetto - WoodsTarkus
16/10/2009 - Duda - Momentos Extremos de Meu Encontro com Raul Seixas, o Eterno Amigo.
16/10/2009 - Duda - O Repórter Perguntou: “E o Que Você Prega?” E Raul Munido de Ironia Respondeu: “Pregos, e Muito Mal Pregados".
16/10/2009 - Duda - Meu Encontro Com Raul Seixas, Meu Livro Vivo
1/10/2009 - Kim Kehl - Liberdade Criativa
28/9/2009 - Raul Cichetto - Infecção Cadavérica
23/9/2009 - Mário Pacheco - Rock Malhado S.A.
10/9/2009 - Greta Garbo - E Se!
7/9/2009 - Luiz Carlos "Barata" Cichetto - Liberdade... Abre As...
14/11/2008 - Greta Garbo - Boca
11/11/2008 - Dum De Lucca - Jazz Rock, a Fusão Entre o Céu e o Paraíso.
5/11/2008 - Dódi Hernandes (D.H.) - Vôo da Chave Antenada
1/11/2008 - John Hemingway - Tradução: Lúcio Júnior - Em Solidariedade a Ronaldo e Hemingway
1/11/2008 - Rodrigo Oliveira - Espantalhos, Pedras e Poemas
22/10/2008 - Dum De Lucca - "CSNY, Déja Vu”, do Genial Neil Young, no Festival de Cinema de São Paulo
21/10/2008 - Alexandre Wildshark - 14 de Maio de 2008, o Dia Que a Guitarra Brasileira se Calou! Um Tributo ao Mestre Wander Taffo
20/10/2008 - Wagner R. - A Fome
18/10/2008 - Antônio Celso Barbieri - Entrevista Rejeitada de Celso Barbieri
15/10/2008 - Belvedere Bruno - Enclausurada
13/10/2008 - Wagner R. - Um Bate-Papo Com Integrantes do Grupo 'Tântalus Cantantes"
30/7/2008 - Felipe Cerquize - Jogos da Vida
6/5/2008 - Mário Pacheco - Cu
5/5/2008 - Antônio Celso Barbieri - Rock Fantasma
25/4/2008 - Fernando Barreto - Rock And Roll Hates Me
20/4/2008 - Dum De Lucca - Tríade da Música Perfeita: Democracia, Diversidade e Informação
14/4/2008 - Wagner R. - Música, Por Favor... Quero Cantar...
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 2)
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 1)
11/11/2007 - Belvedere Bruno - Ponto Final
5/10/2007 - Adriano Coelho - Os 35 Anos da Led Slay
25/9/2007 - Adriano Coelho - Os 73 Anos da Maior Musa do Cinema
13/9/2007 - Antônio Celso Barbieri - Homosinteses
5/9/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - Syd Barrett: O Elefante Efervescente Não Está na Praça da Apoteose
5/4/2007 - Chico Boy - Parabéns Barata !!!
2/4/2007 - Lazara Luzia - Repulsa
27/3/2007 - Lazara Luzia - G
12/3/2007 - André Mainardi - Edu Viola
28/2/2007 - André Mainardi - High Tide Reportagem publicada na Revista Só! Número Hum, Setembro de 2006)
13/2/2007 - Astribaldo - Astribólicas
24/11/2006 - Fabiano Gozzo - Troca-Troca
13/10/2006 - Sr. Arcano - Manifesto Soturno
1/1/2006 - Silas Corrêa Leite - Teen, Família e Sociedade
1/1/2006 - Fabio G. Carvalho - Que Droga de Religião?
1/1/2006 - Thiago Porto - Tipos de Drogas e Sua Aparência 
1/1/2006 - Thiago Porto - Histórico das Drogas
1/1/2006 - Luiz Carlos Maciel - O Fracasso da Contracultura
1/1/2006 - Luiz Cezar Pimentel - Sobre Drogas e Vício
> LEIA OUTROS TEXTOS >


(16) 99248-0091

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

De Poeta a Poeta

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Prefácios & Editoriais
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.
 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online