(16) 99248-0091

Apóie a continuidade deste trabalho, totalmente independente desde 1997. Saiba como participar clicando na imagem ao lado.

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

TRANSEI COM O ROCK
ERIKA SÁ
1/10/2003
Chega! Chega! Já cansei de dizer que não estou na Clínica Tobias.

Estou bem acomodada no sofá da minha sala. É uma tarde de segunda-feira e a lua começa a despontar... Nem nova nem cheia... Perfeita!

A taça de vinho tinto, a solidão, escutando Ele (é, Ele mesmo, o Rock)...

Entediada por saber que a maioria esmagadora das pessoas vivem um dia-a-dia medíocre, não sentindo e vivendo a vida como deve, reprimindo seus desejos. Será que é ser muito extremista pensar que as coisas devem ser vividas em toda sua amplitude? Ou só quem o conhece pensa assim? Eu me cansei de tudo isso! Não me podo mais de nada. Aposto todas as minhas fichas quando acredito valer a pena e por acreditar, confortada pelas palavras de Pessoa, que a minha alma é muito grande e me permite tal vivência.

A minha paixão por Ele começou a surgir quando eu tinha pouco mais de 11 anos... Naquela época, era algo pueril, puro, não dando margem a tantas loucuras. Mas, como não O conhecia pessoalmente, aqueles pensamentos estranhos ainda não surgiam na minha mente. De qualquer forma, era inegável que Ele, mais cedo ou mais tarde, entraria na minha vida para não mais sair. E é exatamente isso que tem acontecido desde então, até hoje... Com meus vinte e cinco anos!

A vida não mais é como dantes. Ele me provoca tormentos e felicidades. E quantas noites febris, e quanta ansiedade até o dia em que, de fato, O conheceria.

Quem se apaixonou um dia sabe exatamente do que estou falando. Não basta você olhar o ser adorado, não é mesmo? Você precisa tocá-lo, senti-lo bem junto a você. E quando eu ouvia Ele, um desejo estonteante e entorpecedor tomava conta de mim.

Foi uma noite especial, acreditem se quiser, quase romântica. Mas, romantismo à parte, o céu estava perfeito, escuro, o clima era bem ameno... O encontro foi algo singelo, bem menos caloroso do que eu poderia imaginar... Estava eu face a face com o Rock. Esbocei um sorriso meio encabulado. Não conseguia disfarçar o meu nervosismo mesclado a minha felicidade. Para tanto, tentava conectar-me àquele clima... Não queria estragar o meu momento com o Rock. Porém, aos poucos, Ele começou a me incendiar: os acordes balbuciavam pelos meus ouvidos e ele ia descendo pelo meu pescoço, os seus timbres fortes me faziam estremecer, uma melodia perfeita... Ele tocava toco o meu corpo, provocava-me euforia, arrepios... Qual não foi minha surpresa, logo encontrávamo-nos num leito em chamas: Eu e o Rock!

Já tive paixões e amores, mas nada nunca foi tão profundo, tão visceral e tão quente... A magnitude dessa experiência é privilégio de poucos. O Rock realmente era tudo e mais um pouco de tudo aquilo que eu sempre ansiei.

Madrugada a fora, nós nos devorávamos, famintos um do outro como canibais... Eu não queria pensar mais em nada... Nem que eu quisesse, já não mais poderia. Os meus sentidos estavam todos transformados em um... Eu não só O ouvia, eu O sentia... O Rock estava dentro de mim, pulsante e forte... De uma sonoridade enlouquecedora. E eu estava completa... Mesmo sabendo que Ele não poderia nunca ser só meu, aproveitei o meu momento e escrevi a minha lenda.

Olhando para um teto estrelado, viajando para os mais distantes confins para onde Ele me carrega, parece que, mesmo na sua ausência, sinto a Sua calidez. A verdade é que Ele jamais sairá de mim, nem de minha vida. Foi uma experiência maravilhosa e inesquecível.

Ele mal sabe o quanto é especial. Ele tem dúvidas acerca das maravilhas que Ele pôde provocar em minha vida depois daquela noite e para todo o sempre...

A consciência que alcancei em ter transado com o Rock and Roll (como nome e sobrenome) fez-me entender o que é estar conectada a um mundo fantástico, talvez paralelo, mas fantástico. Ter o Rock na sua vida é ser superior... Sentir-se deus, pleno e soberano.

Esse é o Rock. Essa loucura de corpo e alma, essa experiência sem parâmetros, sem limites... Esse corpo sem dono.

Acendi um cigarro e não contive as lágrimas da emoção...

"Até a próxima 'balada', Rock! Continue sua jornada! Você é do mundo e faz o mundo melhor, pode ter certeza. Caminhe e cumpra a sua lenda pessoal".

FACEBOOK ADDS

15/6/2010 - Alexandre Wildshark - Virada Cultural (São Paulo 15 e 16 de Maio de 2010, Mogi Guaçu 22 e 23 de Maio de 2010)
2/12/2009 - Alexandre Wildshark - Resenha do Show do VENOM em São Caetano.
3/11/2009 - Paulo Leminski - Rock and Roll
1/11/2009 - Barata Cichetto - WoodsTarkus
16/10/2009 - Duda - Momentos Extremos de Meu Encontro com Raul Seixas, o Eterno Amigo.
16/10/2009 - Duda - O Repórter Perguntou: “E o Que Você Prega?” E Raul Munido de Ironia Respondeu: “Pregos, e Muito Mal Pregados".
16/10/2009 - Duda - Meu Encontro Com Raul Seixas, Meu Livro Vivo
1/10/2009 - Kim Kehl - Liberdade Criativa
28/9/2009 - Raul Cichetto - Infecção Cadavérica
23/9/2009 - Mário Pacheco - Rock Malhado S.A.
10/9/2009 - Greta Garbo - E Se!
7/9/2009 - Luiz Carlos "Barata" Cichetto - Liberdade... Abre As...
14/11/2008 - Greta Garbo - Boca
11/11/2008 - Dum De Lucca - Jazz Rock, a Fusão Entre o Céu e o Paraíso.
5/11/2008 - Dódi Hernandes (D.H.) - Vôo da Chave Antenada
1/11/2008 - John Hemingway - Tradução: Lúcio Júnior - Em Solidariedade a Ronaldo e Hemingway
1/11/2008 - Rodrigo Oliveira - Espantalhos, Pedras e Poemas
22/10/2008 - Dum De Lucca - "CSNY, Déja Vu”, do Genial Neil Young, no Festival de Cinema de São Paulo
21/10/2008 - Alexandre Wildshark - 14 de Maio de 2008, o Dia Que a Guitarra Brasileira se Calou! Um Tributo ao Mestre Wander Taffo
20/10/2008 - Wagner R. - A Fome
18/10/2008 - Antônio Celso Barbieri - Entrevista Rejeitada de Celso Barbieri
15/10/2008 - Belvedere Bruno - Enclausurada
13/10/2008 - Wagner R. - Um Bate-Papo Com Integrantes do Grupo 'Tântalus Cantantes"
30/7/2008 - Felipe Cerquize - Jogos da Vida
6/5/2008 - Mário Pacheco - Cu
5/5/2008 - Antônio Celso Barbieri - Rock Fantasma
25/4/2008 - Fernando Barreto - Rock And Roll Hates Me
20/4/2008 - Dum De Lucca - Tríade da Música Perfeita: Democracia, Diversidade e Informação
14/4/2008 - Wagner R. - Música, Por Favor... Quero Cantar...
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 2)
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 1)
11/11/2007 - Belvedere Bruno - Ponto Final
5/10/2007 - Adriano Coelho - Os 35 Anos da Led Slay
25/9/2007 - Adriano Coelho - Os 73 Anos da Maior Musa do Cinema
13/9/2007 - Antônio Celso Barbieri - Homosinteses
5/9/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - Syd Barrett: O Elefante Efervescente Não Está na Praça da Apoteose
5/4/2007 - Chico Boy - Parabéns Barata !!!
2/4/2007 - Lazara Luzia - Repulsa
27/3/2007 - Lazara Luzia - G
12/3/2007 - André Mainardi - Edu Viola
28/2/2007 - André Mainardi - High Tide Reportagem publicada na Revista Só! Número Hum, Setembro de 2006)
13/2/2007 - Astribaldo - Astribólicas
24/11/2006 - Fabiano Gozzo - Troca-Troca
13/10/2006 - Sr. Arcano - Manifesto Soturno
1/1/2006 - Silas Corrêa Leite - Teen, Família e Sociedade
1/1/2006 - Fabio G. Carvalho - Que Droga de Religião?
1/1/2006 - Thiago Porto - Tipos de Drogas e Sua Aparência 
1/1/2006 - Thiago Porto - Histórico das Drogas
1/1/2006 - Luiz Carlos Maciel - O Fracasso da Contracultura
1/1/2006 - Luiz Cezar Pimentel - Sobre Drogas e Vício
> LEIA OUTROS TEXTOS >


(16) 99248-0091

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

De Poeta a Poeta

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Prefácios & Editoriais
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.
 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online