(16) 99248-0091

 

Apóie a continuidade deste trabalho, totalmente independente desde 1997. Saiba como participar clicando na imagem ao lado.

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

ESPANTALHOS, PEDRAS E POEMAS
RODRIGO OLIVEIRA
1/11/2008
O tipo impreciso sobre a capa vermelha revela um pouco o que se passa nas páginas de “De espantalhos e pedras também se faz um poema”. Impressas em linotipo, as páginas do último livro de Viegas Fernandes da Costa, ainda trazem as marcas dos golpes do metal sobre o papel. A textura, prenunciada na arte da capa, camufla-se no interior sob a tinta das letras de contornos imprecisos, às vezes fugidios, como que transbordando-se do poema.

Ao folhear “De espantalhos...” vê-se no verso das páginas que ficam para trás as marcas deixadas pelos poemas já lidos. O texto anterior emerge sob o posterior. Um texto que passa, mas que fica marcado.

As cerca de 60 páginas são divididas em três momentos.

O Livro das Pedras nos apresenta um breve jardim de medusa. Onde as pedras parecem guardam memórias, expressões. Gastas pelo tempo, lembram que “as pedras também não são eternas”. A unidade temática que o autor nega à obra, aqui se revela no tema das pedras, protagonistas dos cinco poemas. Com destaque para “A Pedra” — “A pedra no meio do rio, afronta / como pedra no meio do rio, / em silêncio, o tempo e as águas”. É possível ver surgir um diálogo entre este e “A garça sobre a pedra”

“Amanhã já não serei mais esta pedra...

E meus olhos já não terão mais para onde voar.

Amanhã serei memória, talvez

Ou os tantos grãos, pequenas pedras,

Lançadas na ampulheta”.

O diálogo entre a pedra silenciosa, austera e milenar que, solitária e inevitavelmente, deixa de ser pedra para tornar-se, mesmo ela, areia lançada da ampulheta, ao redor de outras tantas pedras. Parece que da sacada de onde olha o narrador do segundo poema, pode-se ver, sob a garça (ou além dela) a pedra do primeiro.

Espantalhos no Deserto abarca uma temática mais urbana, contestadora. Os golpes do tipo, marcando o papel, parafraseando os golpes do autor através dele. Notas para “Canto Guajira”, revelando uma América Latina onde “os condores dão lugar aos abutres, como no passado, as lhamas deram lugar aos cavalos dos deuses”. “Da noite os olhos homicidas”, ganha mais dimensão quando chegamos ao “Noite Urbana” (já em Ecos de Mim, último momento da obra). De novo vemos o olhar de um poema posterior cobrir o anterior. Pontuo ainda os poemas “Espantalhos no Deserto” e “Impressões do Vale” com suas formigas, por demais, zelosas.

Finalmente em Ecos de Mim o tom torna-se mais intimista. Ecos abre com “Itinerário” — “Conheci um Cristo / santo e crucificado / nas palavras dos evangelhos”. Destaca-se ainda o doído “Cântaro das minhas náuseas” — “carrego a desventura do sonho / como meu bem mais precioso (...) fecharam-se as portas das minhas igrejas / os meus santos, descobri-os de gesso”.

“De espantalhos e pedras também se faz um poema” é um livro que se lê rápido, mas que deve ser apreciado sem pressa. Como foi impresso. Para que as marcas que marcam o papel, possam melhor marcar o leitor. Um livro de folhear, de saltar páginas, de encontrar, ao meio de uma frase, uma troca de tipo ou uma serifa inesperada. Se o autor, em “Arqueologia da Memória” sonhava em quedar-se eterno na força do verbo, em “De espantalhos...” a força do verbo chega a marcar as páginas.

* Rodrigo Oliveira: Publicitário e pós-graduando em Estudos Literários. Texto publicado em http://roferoli.blogspot.com

FACEBOOK ADDS

15/6/2010 - Alexandre Wildshark - Virada Cultural (São Paulo 15 e 16 de Maio de 2010, Mogi Guaçu 22 e 23 de Maio de 2010)
2/12/2009 - Alexandre Wildshark - Resenha do Show do VENOM em São Caetano.
3/11/2009 - Paulo Leminski - Rock and Roll
1/11/2009 - Barata Cichetto - WoodsTarkus
16/10/2009 - Duda - Momentos Extremos de Meu Encontro com Raul Seixas, o Eterno Amigo.
16/10/2009 - Duda - O Repórter Perguntou: “E o Que Você Prega?” E Raul Munido de Ironia Respondeu: “Pregos, e Muito Mal Pregados".
16/10/2009 - Duda - Meu Encontro Com Raul Seixas, Meu Livro Vivo
1/10/2009 - Kim Kehl - Liberdade Criativa
28/9/2009 - Raul Cichetto - Infecção Cadavérica
23/9/2009 - Mário Pacheco - Rock Malhado S.A.
10/9/2009 - Greta Garbo - E Se!
7/9/2009 - Luiz Carlos "Barata" Cichetto - Liberdade... Abre As...
14/11/2008 - Greta Garbo - Boca
11/11/2008 - Dum De Lucca - Jazz Rock, a Fusão Entre o Céu e o Paraíso.
5/11/2008 - Dódi Hernandes (D.H.) - Vôo da Chave Antenada
1/11/2008 - John Hemingway - Tradução: Lúcio Júnior - Em Solidariedade a Ronaldo e Hemingway
1/11/2008 - Rodrigo Oliveira - Espantalhos, Pedras e Poemas
22/10/2008 - Dum De Lucca - "CSNY, Déja Vu”, do Genial Neil Young, no Festival de Cinema de São Paulo
21/10/2008 - Alexandre Wildshark - 14 de Maio de 2008, o Dia Que a Guitarra Brasileira se Calou! Um Tributo ao Mestre Wander Taffo
20/10/2008 - Wagner R. - A Fome
18/10/2008 - Antônio Celso Barbieri - Entrevista Rejeitada de Celso Barbieri
15/10/2008 - Belvedere Bruno - Enclausurada
13/10/2008 - Wagner R. - Um Bate-Papo Com Integrantes do Grupo 'Tântalus Cantantes"
30/7/2008 - Felipe Cerquize - Jogos da Vida
6/5/2008 - Mário Pacheco - Cu
5/5/2008 - Antônio Celso Barbieri - Rock Fantasma
25/4/2008 - Fernando Barreto - Rock And Roll Hates Me
20/4/2008 - Dum De Lucca - Tríade da Música Perfeita: Democracia, Diversidade e Informação
14/4/2008 - Wagner R. - Música, Por Favor... Quero Cantar...
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 2)
25/11/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - A Nova Onda (Parte 1)
11/11/2007 - Belvedere Bruno - Ponto Final
5/10/2007 - Adriano Coelho - Os 35 Anos da Led Slay
25/9/2007 - Adriano Coelho - Os 73 Anos da Maior Musa do Cinema
13/9/2007 - Antônio Celso Barbieri - Homosinteses
5/9/2007 - Lúcio Emílio do Espírito Santo Júnior - Syd Barrett: O Elefante Efervescente Não Está na Praça da Apoteose
5/4/2007 - Chico Boy - Parabéns Barata !!!
2/4/2007 - Lazara Luzia - Repulsa
27/3/2007 - Lazara Luzia - G
12/3/2007 - André Mainardi - Edu Viola
28/2/2007 - André Mainardi - High Tide Reportagem publicada na Revista Só! Número Hum, Setembro de 2006)
13/2/2007 - Astribaldo - Astribólicas
24/11/2006 - Fabiano Gozzo - Troca-Troca
13/10/2006 - Sr. Arcano - Manifesto Soturno
1/1/2006 - Silas Corrêa Leite - Teen, Família e Sociedade
1/1/2006 - Fabio G. Carvalho - Que Droga de Religião?
1/1/2006 - Thiago Porto - Tipos de Drogas e Sua Aparência 
1/1/2006 - Thiago Porto - Histórico das Drogas
1/1/2006 - Luiz Carlos Maciel - O Fracasso da Contracultura
1/1/2006 - Luiz Cezar Pimentel - Sobre Drogas e Vício
> LEIA OUTROS TEXTOS >


(16) 99248-0091

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

De Poeta a Poeta

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Prefácios & Editoriais
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.
 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online