Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

 

Raul Seixas, Um Mestre
..............................................................................................................................................................................
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
barata.cichetto@gmail.com
"Tente / Levante sua mão sedenta e recomece a andar/ Não pense que a cabeça agüenta se você parar / Há uma voz que canta, há uma voz que dança / Há uma voz que gira / Bailando no ar"
Tente Outra Vez, Raul Seixas
Falar sobre o que Raul Seixas significou para a Música - e não só para ela - parece óbvio. Mas muita gente que hoje escuta Raul talvez até por modismo - um modismo que ele mesmo nunca aceitou -, não consegue compreender a importância "histórica" que ele teve no desenvolvimento de muitos corações e, principalmente, mentes. Quando o único Rock aceito no "Brazil" era o inglês e o americano, ele o misturou com baião, maxixe e outros chamados ritmos brasileiros e inventou a salada de frutas musical que hoje todo mundo faz, come e diz que inventou.

Gente como Barão Vermelho, Cazuza, Blitz e uma infinidade de outros - sem desmerecê-los - jamais existiriam se não fosse a coragem de Raul. Acredito que ele nunca desejou conscientemente ser pioneiro, nem arrebentar portas para os outros entrarem. Era muito inteligente para isso. Aliás a cultura de Raul Seixas é um caso a parte. Era brilhante. E só não foi mais inteligente pois sucumbiu a morte para não aceitar o sistema em que insistiam em colocá-lo.

Particularmente afirmo que ele foi responsável por eu passar a pensar o mundo, quando ainda na minha adolescência eu escutei: "Vai, e grita ao mundo que você está certo. Você aprendeu tudo enquanto estava mudo" Eu nunca mais fui o mesmo. E luar é seu nome aos avessos, não tem fim nem começo. E o nome de meu filho mais velho.
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.861 - Livro 974 - Folha 209
Belchior, Alucine-se!
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 01 de Dezembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 06 de Dezembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 07 de Dezembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 09 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 14 de Dezembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 14 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 15 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 16 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 20 de Julho de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 21 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 22 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 23 de Maio de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 23 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 24 de Maio de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 29 de Março de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 29 de Novembro de 2002
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 30 de Novembro de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar: 31 de Março de 1979
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Diário de Bordo, Data Estelar; 28 de Março de 2003
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Garotas Com Camisetas do Slade
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Janis, Uma Deusa
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
O Garoto
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
O Sonho Acabou de Ser Assassinado
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Pancreatite, Cachaça e Solidão
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Raul Seixas, 10 Anos
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Raul Seixas, Um Mestre
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Titãs, Uma Fábrica de Som
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Tublues, ou o Sonho Não Acabou!
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Um Iron Maiden Que Não é o Iron Maiden???? Em 1965
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Um Kaleidoscópio Sonoro
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Um Velho Disco de Vinil
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
----------------------------------------------------------------------------------
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Camisetas
Livros
Revist'A Barata
Revistas Impressas
Artesanato
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Convergências
?/span>pera Rock Vitória
PQP - Puta Que Pariu
Webradio
Sub-Versões
Videos
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
A Barata - O Site
Fest'As Baratas
A Barata na Midia
Barata Cichetto, Quem ?
Depoimentos
Amigos & Parceiros
Fotos
Arquíloco (1981)
Sangue de Barata
Impessoal e Transferível
1958
A Verdadeira História da Betty Boop
Emoções Baratas
O Olhar Gótico da Morte Dentro da Cibernética Taverna
O Câncer, O Leão e O Escorpião
O Cu de Vênus
O Êxtase
Poemas Perdidos

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 On Line:  11