(11) 96358-9727

 

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

Ataraxia Crom Kakerlak Doppelgänger Madame X O Anjo Venusanal Ponto de Fuga Pornomatopéias Projeto Sangue de Barata Psychotic Eyes Renato Pop Seren Goch: 2332 Tublues Vitória


MADAME X - À SOMBRA DE UMA MORTA VIVA

Madame X - À Sombra de Uma Morta Viva

Títulos dos Poemas: 1. Overture 2. Madame X 3. Nihilistic Delusions 4. Dr. Cotard 5. Entrevista Com Uma Morta 6. Intermezzo 7. Rock Festival (Vermes Rock Band) 8. Thanatophilia 9. Eletrochoque 10. Dulias 11. Trepanação 12. Furor Curandis 13. Ultima Ratio 14. Grand Finale
Autores: Barata Cichetto, Amyr Cantusio Jr. Adilson Oliveira, Liz Franco, Edgar Franco
Ano: 2015
Pela terceira oportunidade, o poeta e artesão de livros Barata Cichetto e o músico e compositor Amyr Cantusio Jr. se unem para criar uma Ópera Rock. A primeira foi em 2010, com "Vitória, ou a Filha de Adão e Eva", que contava a trajetória de uma mulher que, fruto de um estupro, nasceu num bordel e alcançou fama e fortuna. Já a segunda, criada em 2013, era uma distopia que relatava um futuro onde uma ditadura transforma todas as pessoas em seres amorfos, sem identidade ou personalidade, desprezando qualquer traço de individualidade.

Agora, em 2015, esses dois irrequietos criadores lançam mais um trabalho absolutamente inédito, tratando de um tema altamente complexo, no campo da psiquiatria. O enredo é baseado na história de uma mulher francesa de 43 anos que foi acometida por uma rara síndrome de fundo psicológico. Ela acreditava estar morta, não reagia a estímulos exteriores e também que seus órgãos internos estavam em estado de putrefação. Também se dizia sem cérebro, nervos ou entranhas, e era só pele e ossos, mas acreditava que viveria para sempre. O primeiro diagnóstico foi feito pelo médico Jules Cotard, em 1880, e ainda hoje são raros. A paciente foi apenas designada por Mademoiselle X.

Após uma casual descoberta da existência da doença, na Internet, durante mais um ano Barata pesquisou sobre o assunto, buscando se familiarizar e encontrar maiores informações sobre a doença. E quando surgiu a ideia de um novo trabalho conjunto, o tema já estava pronto para ser escrito. Entretanto, desta vez, o processo de trabalho ocorreu de forma diferente: nas anteriores, os textos e conceito eram escritos e entregues a Amyr, que criava as musicas, melodias e efeitos sonoros. Mas agora muitos dos temas instrumentais foram criados antes, ou durante o processo de escrita, o que culminou com um trabalho mais encorpado e coeso. Além disso, o tema central, que é a Síndrome de Cotard, é bastante familiar ao músico, que também é psicanalista.

Outro fator convergente na criação de "Madame X - À Sombra de Uma Morta-Viva", foi que, logo no início dos trabalhos de criação, Barata encontra pelo Facebook com a cantora e poeta mineira Liz Franco e a convida para participar. A principio seria uma opera onde todos os textos seriam apenas recitados, mas Liz passou a criar as melodias e cantar os temas a ela consagrados, interpretando magistralmente a personagem principal. Dois outros, em dueto, também contou com sua participação.

Ademais, nesse trabalho, também conta com a participação do guitarrista da banda Poolsar Adilson Oliveira, e do artista transmídia e mestre em arte Edgar Franco. Os quadros usados nas bases da arte de capa, são da artista gaúcha Nua Estrela.

Ao contar a história de Madame X, com diálogos inspirados nos relatos documentados do caso, os autores esperam que o ouvinte/leitor, consiga não apenas penetrar no universo de um cotardizado, síndrome rara e pouco difundida, mas também refletir sobre o modelo de vida atual, numa era onde a humanidade, escrava da tecnologia e de bens materiais, se desfaz perigosamente de todos os sentidos e sentimentos que representam de fato a existência humana, cada vez mais dependentes, numa fuga de si mesmos. E sem chegar a lugar nenhum, sendo transformados em verdadeiros mortos-vivos.

FICHA TÉCNICA
Luiz Carlos Barata Cichetto: Concepção, Letras, Arte e Direção Geral
Amyr Cantusio Jr.: Sintetizadores, Organ, Piano, Vocal, Baixo, Bateria, Composição e Orquestrações.

PARTICIPAÇÃO
Liz Franco: Voz e Melodia em Madame X e Ultima Ratio; voz em Entrevista Com Uma Morta e Dulias
Adilson Oliveira, Guitarra em Rock Festival
Edgar Franco: Voz em Eletrochoque;
Nua Estrela, Quadros da capa e encarte.

Gravado no Studio Alpha III, Campinas, SP, em Setembro/Outubro 2015

Formato: CD
Duração Total:
Encarte 24 Páginas, Tamanho DVD (13 X 19 cm)

FAIXAS
1. Overture
2. Madame X
3. Nihilistic Delusions
4. Dr. Cotard
5. Entrevista Com Uma Morta
6. Intermezzo
7. Rock Festival (Vermes Rock Band)
8. Thanatophilia
9. Eletrochoque
10. Dulias
11. Trepanação
12. Furor Curandis
13. Ultima Ratio
14. Grand Finale

-



(11) 96358-9727

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.

 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online