Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos "Barata" Cichetto e registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor. Bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade".

Sob a Luz do Farol

Sob a Luz do Farol
Luiz Carlos "Barata" Cichetto
.............................................................................................................................................................................................
Autor: Viegas Fernandes da Costa
Resumo: Crônicas de Viegas Fernandes da Costa
Ano: 2005
Editora: Hemisfério Sul
Original: -
Tradutor: -
Páginas: 136
......................................................................................................................................................................................................................................................
Conheci Viegas Fernandes da Costa em 2002 e do mesmo jeito que muitos dos colunistas de A Barata: não lembro direito. O que lembro bem foi que lhe pedi, após a idéia de ele ter uma coluna periódica, um texto de apresentação da mesma e ele chegar com uma aula sobre o que era crônica. A partir daí foram um monte de aulas de crônica, do que é ser um cronista, do que é poesia em forma de prosa.

Perdemos o contato por um tempo, não por culpa dele, mas minha, e quando o retomamos, Viegas me conta sobre seu livro “Sob A Luz do Farol”. O Correio Brasileiro é ingrato e demorou um pouco, mas enfim chegou. Abri rápido o envelope e encontrei um volume com uma capa que logo chama minha atenção: um “acrílico sobre tela”, com nome homônimo, de Daiana Schvartz.. Percorro as 130 páginas e depois retorno ao começo: “Porque Lua”. Sim, Viegas, Porque Lua?. Duas páginas de pura poesia, em forma de crônica, emocionante quanto uma despedida, clara e cristalina quanto uma paixão, dura quanto uma saudade. O restante do livro deve ser lido não apenas sob a luz do farol, mas também sob a luz da emoção e da arte. É, sob a luz da razão também pode, se você achar necessário.

E “Sob a Luz do Farol” é assim: emoção e arte. E não existe emoção que resista á arte, e não há arte que resista à emoção. Entre as duas, Viegas ficou com ambas. Bígamo, ele ama e entende tanto a uma quanto a outra. E ficamos nós, a lastimar e invejar porque também não fomos abençoados pelos Deuses com as mesmas bênçãos. Mas eles sabem porque, e apenas os que foram agraciados pelas honras da Arte e da emoção conhecem o caminho e a razão dos deuses.

Quanto á mim, resta apenas agradecer aos Deuses da Arte e da Emoção por proporcionarem o prazer de poder, com um pequeno trabalho, ajudar a mostrar a um planeta tão carente, mesmo que não perceba, de arte e emoção, o trabalho de Viegas Fernandes da Costa. Algumas pessoas nascem para brilhar... E outras para acender a luz.
1/1/2006
Registro no E.D.A. da F.B.N. : 513.861 - Livro 974 - Folha 209
Sob a Luz do Farol - Viegas Fernandes da Costa
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O Futuro Começou - Inácio de Loyola Gomes Bueno
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Kiss Por Trás da Máscara (A Biografia Oficial Autorizada) - David Leaf e Ken Sharp
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
De Espantalhos e Pedras Também Se Faz Um Poema - Viegas Fernandes da Costa
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Adoniran Barbosa Uma Biografia - Celso de Campos Jr.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Arca do Barata
Contos d'A Barata
Crônic'As Baratas
Entrevist'As Baratas
Fal'A Barata!
Resenhas de Filmes
Resenhas de Livros
Micrônic'As Baratas
Camisetas
Livros
Revist'A Barata
Revistas Impressas
Artesanato
O Anjo Venusanal
Ponto de Fuga
Convergências
?/span>pera Rock Vitória
PQP - Puta Que Pariu
Webradio
Sub-Versões
Videos
A Barata Ao Vivo
Biografi'As Baratas
Discoteca d'A Barata
Ensaios Musicais
1a. Coletâne'A Barata
2a. Coletâne'A Barata
Festival Música Independente
A Barata - O Site
Fest'As Baratas
A Barata na Midia
Barata Cichetto, Quem ?
Depoimentos
Amigos & Parceiros
Fotos
Arquíloco (1981)
Sangue de Barata
Impessoal e Transferível
1958
A Verdadeira História da Betty Boop
Emoções Baratas
O Olhar Gótico da Morte Dentro da Cibernética Taverna
O Câncer, O Leão e O Escorpião
O Cu de Vênus
O Êxtase
Poemas Perdidos

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

 On Line:  45