(16) 99248-0091

Apóie a continuidade deste trabalho, totalmente independente desde 1997. Saiba como participar clicando na imagem ao lado.

1958 1990 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018

Artesanato Camisetas Conte Comigo, Conte Pra Mim Convergências PQP - Puta Que Pariu  Pinturas Sub-Versões Vídeos Webradio


Sub-Versões são minhas experiências e poesias sonoras, utilizando-se de contrapontos e pontos de vista. Cynthia Withoft como trilha sonora a Augusto dos Anjos e a Declaração Universal dos Direitos Humanos, Sub-Versões de Pink Floyd, Jethro Tull etc.

Sub-Versions are experience and sound poetry, using the views and counterpoints. Cynthia Withoft as the soundtrack to Augusto dos Anjos and the Universal Declaration of Human Rights, Sub-Version of Pink Floyd, Jethro Tull etc.
O DIA EM QUE CYNTHIA WITTHOFT FOI ESTUPRADA POR AUGUSTO DOS ANJOS

Programa Nº. 2
Cynthia Witthoft
Fonte: Sapo Saber

Cynthia Witthoft (Varsóvia, Polônia, 28 de Março de 1974), é multi-instrumentista de heavy-metal e metal alternativo, do projeto musical homônimo. Nascida de pai alemão, desertor durante a Segunda Guerra Mundial, e mãe polonesa, ex-prostituta, Witthoft aprendeu a tocar alguns instrumentos musicais ainda com 5 anos de idade. Desde adolescente sofre de distúrbios psiquiátricos, sendo considerado um dos motivos principais o fato de seu único irmão ser um dos primeiros transexuais da história da medicina. Ainda pequena, Witthoft teve contato com vários músicos, pois seu pai foi, na época da guerra, um dos instrumentistas das bandas militares de Hitler. Vivendo entre a Polônia e a Finlândia, terra dos familiares maternos fugitivos durante a invasão do país natal, teve os primeiros contatos com o rock, punk e heavy-metal na adolescência.

Cynthia produziu e participou de pelo menos 50 álbuns até os dias de hoje, entre demos, EPs e compilações, desde 1989. Seus títulos de músicas polêmicos, e nada comuns, a transformaram num ícone da rebeldia nos anos 90. Alguns títulos produzidos causaram impacto na imprensa de todo o mundo, dentre elas Get Drunk and Be Somebody (Fique Bêbado E Seja Alguém), Babies Are Food (Bebês São Comida), Gatorade with LSD (Gatorade Com LSD), dentre outras.

Multi-instrumentista (guitarra, baixo, teorba, dobro, piano, saxofone), Cynthia iniciou-se em 1989 no movimento punk, onde fundou a banda Polish Zombies. Nessa época fez os poucos shows de toda a sua carreira, tocando apenas acordes distorcidos, zombando de seu próprio potencial. Os poucos shows foram interrompidos quando foi presa roubando chocolates em um supermercado. Após o fato, resolveu simplesmente abandonar a carreira. Com esse episódio foi descoberto que a ainda adolescente sofria de alguma psicopatologia mais séria, não apenas uma cleptomania. Nesse mesmo ano, dias após o ocorrido, seu pai em depressão cometeria suicídio, incendiando-se com gasolina na garagem de casa.

Após alguns meses detida para tratamento, Cynthia Witthoft saiu do hospício muito diferente: dispensou dois integrantes da banda, foi morar com o terceiro deles, Janusz Kowalczyk, e com este montou uma outra banda junto a amigas homossexuais, abandonando definitivamente o punk e passando para o heavy-metal. Assumiu-se ladra - como gosta de ser chamada ainda hoje - e passou a roubar músicas de outros artistas, a usar excessivamente drogas pesadas e promover em seu apartamento orgias semanais. Informações extra-oficiais, dizem que seu verdadeiro lucro vem de músicas que faz para video-games, principalmente para a plataforma PlayStation, da Sony, adotando vários pseudônimos.

Desde 2004 Cynthia sofre de uma severa Síndrome do Pânico, da qual recusa tratamento. Em seu único show fora da Europa, nos Estados Unidos nesse mesmo ano, tocou apenas seis canções, fechando a bilheteria para 30 pessoas. Em 2006, foi novamente detida, acusada de pedofilia e corrupção de menores.

Durante o processo de julgamento de Cynthia ficou comprovado que além de manter relações homossexuais com uma garota de 13 anos, ela também tinha o hábito de ingerir as fezes da jovem, um distúrbio sexual conhecido como coprofagia.



Augusto dos Anjos

Eterna Mágoa, O Poeta do Hediondo, Budismo Moderno, Psicologia de Um Vencido, A Idéia, O Morcego, O Martírio do Artista, Versos de Amor, Vandalismo, Vencedor, O Lamento das Coisas, Natureza Íntima, Solilóquio de Um Visionário, Vozes da Morte, Versos a Um Coveiro, Versos Íntimos.

Augusto dos Anjos (1884/1914) poeta brasileiro, identificado como simbolista ou parnasiano, embora muitos o identifiquem como pré-moderno. É conhecido como um dos poetas mais críticos do seu tempo.
Playlist
01 - Our Hero Mahmud Ahmadinezad
02 - Love That Evil Woman
02 - Lucifer In Red Clothes
02- Eterna Mágoa
03 - Four Little Maidens
03 - O Poeta do Hediondo
04 - The Reptilian Aliens
04 - Budismo Moderno
05 - Satanic Muzak
05 - Psicologia de um Vencido
06 - A Big Fabrication Blues
06 - Poema Negro
07 - The Mayan Factor
07 - A Idéia
08 - Nancy Spungen Tribute
08 - O Morcego
09 - My Dearest Love
09 - Race to Fuck
09 - O Martírio do Artista
10 - Schematic Diagram
10 - Ricordanza Della Mia Gioventú
11 - The Sacred Time of 2012
11 - Versos de Amor
12 - The Inversion of the Magnetic Poles
12 - A Árvore da Serra
13 - Nightmare Circus
13 - Vandalismo
14 - Song for Jane Porter
14 - À Mesa
15 - Hard Tango
15 - Vencedor
16 - Cosmic Signals
16 - Amor e CrenÇa
17 - Elements for Platform Games
17 - O Lamento das Coisas
18 - Righteous Insanity Theatre
18 - Natureza Íntima
19 - Versos a Um Coveiro
20 - Soneto
21 - Noturno
22 - Senectude Precoce
23 - A Lágrima
27 - Solitário
28 - Idealismo
29 - Debaixo do Tamarindo
30 - Último Credo
31 - Solilóquio de um VisionÁrio
32 - Vozes da Morte
33 - Asa de Corvo
34 - Versos Íntimos
35 - Queixas Noturnas
Criação, Produção e Apresentação: Barata Cichetto
www.abarata.com.br
Narração dos Poemas: Othon Bastos
Trilha Musical: Cinthia Witthoft
("Pregnant By Rape")
Duração: 1:29:51

-


(16) 99248-0091

A Barata - O Site

A Barata Ao Vivo

Amigos & Livros

A Arca do Barata

Arquivos Abertos

Artesanato

As Faces d'O Corvo
Augusto dos Anjos

Ataraxia

Barata Cichetto, Quem É?

Barata Rocker

Biografi'As Baratas

Camisetas

Cinematec'A Barata

Coletâneas de Rock

Colunas Antigas
Conte Comigo, Conte Pra Mim
Contos d'A Barata
Convergências
Crom

Crônic'As Baratas

De Poeta a Poeta

Depoimentos

Des-Aforismos Poéticos Baratianos

Discoteca d'A Barata

Download Free

Ensaios Musicais

Entrevist'As Baratas

Eventos

Facebookianas
Fal'A Barata!
Fotos
Gatos & Alfaces
Kakerlak Doppelgänger
Livrari'A Barata
Livros
Madame X
Memória A Barata
Micrônic'As Baratas

Na Mídia

O Anjo Venusanal
Pinturas
Pi Ao Quadrado

Poesi'a Barata

Ponto de Fuga
Pornomatopéias
PQP - Puta Que Pariu
Prefácios & Editoriais
Projeto Sangue de Barata
Psychotic Eyes
Renato Pop
Resenhas

Retratos e Caricaturas

Revist'A Barata Digital

Revist'A Barata

Seren Goch: 2332

Sub-Versões

Tublues

Versus

Videos

Vitória

Webradio

Todos os textos, exceto quando indicados, são de autoria de Luiz Carlos Giraçol Cichetto, nome literário Barata Cichetto, e foram registrados na Fundação Biblioteca Nacional. Não é permitida a publicação em nenhum meio de comunicação sem a prévia autorização do autor, bem como o uso das marcas "A Barata" e "Liberdade de Expressão e Expressão de Liberdade". Lei de Direitos Autorais: 9610/98.
 On Line

Política de PrivacidadeFree counter users online